26 março 2006


Você acorda às 4h da manhã de terça-feira com fortes dores no estômago. Finge que não é com você, afinal, de nada adiantaria levantar pra pedir socorro pra... pra quem mesmo? Ah, é! Você mora sozinha.

Então você continua deitada mentalizando mantras cabalísticos que te dizem que você está bem. De repente, você começa a suar frio. Joga o lençol pro lado. Você deseja que a Cabala e a Madonna sumam da face da Terra. Você se vira para um lado... para o outro e nada da dor passar.

Então, você resolve se levantar e ver o que pode fazer por si mesma. A dor piora. Sim, mas você precisa se levantar e procurar algum remédio que seja. Se apóia no corrimão pra descer as escadas até a cozinha. Pega um copo d’água e começa a revirar sua caixinha de remédios. Neosaldina... Dorflex... Nebacetin... Dexafenicol... pomada pra picada de abelha... Você lê todas as bulas deitada no chão da cozinha. Nada parece servir para essa dor infernal que você ainda não sabe definir o que é. Nem exatamente onde. Enfim, um Sonrisal. Tá escrito na bula que é para má digestão. Má digestão... estômago... tudo a ver. Vai isso mesmo! Você toma o milagroso. Mas, após o último gole naquela água branca, você constata que a data de vencimento vai fazer aniversário de dois anos.

Então, você volta e deita na sua cama que está mais quente que o chão da cozinha. Começa a xingar o fabricante da Quinua Real que você comeu algumas horas antes de se deitar. Só pode ter sido isso que te fez mal! Também, com um nome desses, não poderia acabar em boa coisa.

Mais uma vez, então, às 4h40 da manhã, no auge do desespero, você tem a fatídica e infeliz idéia de passar uma mensagem pro celular do seu ex-namorado pra ver se o cidadão se comove e resolve te ajudar. Você simplesmente ignora o fato de que, além de ser seu EX- namorado (muita atenção para o prefixo), ele talvez esteja no meio de um amasso com uma baranga qualquer àquela hora. Mas você mora sozinha e não consegue imaginar quem poderia ser a boa alma que te ajudaria às 4h40 da manhã.

Ainda deitada e suando de dor, você começa a lembrar que, se continuar acordada, o dia vai clarear e você não vai ter dormido nada. E começa a mentalizar canções de ninar porque, afinal, você precisa trabalhar daqui a algumas horas.

O Sonrisal vencido começa a te lembrar que você não deveria tê-lo tomado. Alguma coisa que está dentro de você começa a se revirar e a dar sinais de que precisa sair (não se sabe ainda se por cima ou por baixo). O fato é que a dor não passa.

Você chora de dor. Na verdade, chora de dor misturada com a constatação de que você é um ser frágil e não tem ninguém terça-feira às 5h da manhã. Então, você resolve pegar seu caderninho e sua caneta (o computador está longe demais pra ir andando) e começa a escrever seu drama afim de que ele vire assunto no blog depois. Seria cômico se não fosse trágico.

São 5h30 da manhã e você constata a incompetência do seu ex-namorado. Ou, talvez, ele tenha começado a sofrer de surdez depois que vocês terminaram e ele não ouviu a mensagem apitar no celular. Nada disso. Triste e cruel constatação: é você que é uma sem-noção e não tem nada que amolar as pessoas com seus problemas. Ainda mais quando as pessoas não estão mais na sua vida (ou estão, quando lhes convém).

MORAL DA HISTÓRIA:
Você é uma incompetente que ainda não aprendeu que quem mora sozinha não pode passar mal de madrugada. Continue deitada e, se a coisa agravar, chame os bombeiros. Quem sabe, Deus resolve te recompensar e mandar um bombeiro sarado. Comece a rezar logo.

33 comentários:

Gissa disse...

Amiga,
Faço votos de vc voltar pra cá... Vc morando sozinha num tá rolando mais...
Óh, semana q vem estou indo praí, e não quero te ver passando mal, desanimada, nem nada... Vai atualizando as programações ae, q sexta-feira eu estou chegando!!!
Bjssss!!!
Adorooooo ler seu blog, é sucesso total!!!

Déborah Tolentino disse...

É peça rara, comer coisas de nomes esquisitos, sem testemunhas pra saber se vai dar um revertério estomacal, nao é uma boa coisa...
(E ainda repete a dose, é doida mesmo...)
Quato à msg pro EX, faço um adendo: sim, temos a certeza que eles QUEREM receber uma msg nossa as 4 da manhã, ou um telefonema tb, por isso, fazemos o FAVOR de ligar e poupar-lhes o trabalho de encontrarem nosso numero no celular e apertarem Send... Simples assim...
Bjosssssssssss

Anônimo disse...

E aeeeeeeeeeee!!!
Morar sozinho tem suas vantagens e desvantagens como tudo na vida ne...O interessante eh tentar ver o lado bom dessa experiência e aprender com ela!!
É isso aí...
Beijao!

Laura Pantaleao disse...

vixi menina, pega leve com você mesma!!! ou entao, numa hora dessas, tente se consolar com o fato de que tem alguém na terra de napoleao "qui pense à toi"!! hehehe
bjs

Karla disse...

O Brena, vc é uma figura mesmo. Posso imaginar a cena! hahahaha
Beijos

Augusto Galery disse...

Ei, moça!

Espero que isso tenha sido só um post e que vc não tenha passado por isso... Duas coisas desagradáveis: sofrer sozinha e ter que apelar pra ex...

Agora me diga, que diabos é "Quinua Real"???

Aloisio Nunes de Faria disse...

Desculpe. É que a coisa anda braba. Muito mais do que morar sozinho e sem uma bombeira sarada para socorrer.

Nômade disse...

Pior que qualquer dor, só mesmo a milação de apelar para um ex.

Poderia ser saudades, não?

PS - Se você restringir do vocabulário Sarado, vai aumentar barbaridade as possibilidades. Coisa de estatisticas, vá por mim.

bell disse...

rs
Essa parte de apelar pro Ex..
hum, mandou pessimamente mal(se é que isso é possível!)

Tá melhor né?
rs
bjs*

Aninha disse...

E eu tô aki na torcida pras 4 colheradas de LEITE DE MAGNÉSIA PHILIPS tenha surtido efeito, se tiver, à essa hora, (tsc tsc) tô com dó de vc... virou mulher planta (depois te conto o que isso significa).
BJS

Nanda disse...

Espero que esteja melhor; agora, estou de 'enfermeira' pra minha mãe, que também se sentiu mal ontem. Beijos e uma boa semana.

Flávia disse...

que agonia, menina!

Demorou muito pra melhorar?

Beijos e uma boa semana pra vc!

Daniel disse...

bom.. essa e minha primeira participacao num blog de qualquer natureza... entao conpense o nervosismo por nao ter nada brilhante pra escrever.. quando queria ser marcante! hahaha como em todos momentos na vida... agente nao quer ser um que passa despercebido... ou nao ne.. por que isso tambem soa meio Elke MARavilha! hehehehe
Breninha... dividi tua agonia quando lia teu texto..imaginava cada cena... ate por conhecer o espaco fisico onde se desencadeou o drama... e que drama... dor pior que de barriga e so do coração mesmo... mas a de barriga ainda urge mais! hahaha e como urge!
Olha ai... comeco sem saber o que dizer e se nao segurar ja vou falar demais... acho que o jeito vai ser fazer um desses pra mim tambem...quem sabe nossa vida nao vira livro e agente vai ate no Jô?! c lembra do jô? eu lembro de que agente via jô...aiai... via o Jô e via estrelas tambem! =)
Loira! parei... na proxima escrevo mais.. gostei...
Um super beijo! Saudades...

Alexandra disse...

Vixe! Que barra!
Já passei por isso, mas a gente supera o drama.
Adorei seu blog. Parabéns!!!

Daniel disse...

Vc consegue escrever bem até sobre Sonrisal vencido... Eu tô sempre por aqui, leio várias vezes o mesmo texto com um sorriso bom, como quem se identifica com o que lê, talvez pq eu tb more sozinho, talvez pq a vida por aqui tb ande dura e eu procure por algo ou alguém que a amoleça... bom... era isso, acho que minha falsa timidez nunca me permitiu postar um comentário por aqui, ok, passou...

Bj

Anônimo disse...

Ei Brena!!!
Estou adorando seu blog!
Continue escrevendo que ele ainda vai bombar mais e mais!
O que mais acho legal nesses textos,é que sempre terá alguém que vai se identificar!
Bjim e me ligue quando passar mal de novo que eu corro com vc pro hospital ok! rsrsss...

Luiza disse...

Ai meu Deus!
Eu que escrevi esse recado de cima!
Não vi que estava anônimo!
rsrsss...dá um desconto!
bjim

Tex Murphy disse...

Oi, Brena!

Gostaria de ter vindo conhecer o seu blog em um momento menos dolorido, mas, já que foi assim, devo dizer que gostei bastante do texto (e não de vc ter passado mal pacas)...

Qto ao "Ex"... bom, eu acho que aí depende de como as coisas ficaram entre vcs... No meu caso, se uma das minhas me mandar uma msg dizendo que está morrendo eu mando um padre pra dar a extrema unção! :-)

Beijo!

Inté!

eduardo disse...

Humor inteligente, o seu blog é um máximo.

http://dudu.oliva.blog.uol.com.br

Saramar disse...

Brena, boa noite
Eu a vi na Moita e, depois de uns dias de muita correria vim satisfazer minha curiosidade e, devo dizer, estou encantada.
Você é muito inteligente e divertida.
Voltarei mais vezes, para ler tudo, desde o começo.
Obrigada.

Beijos

Walter Carrilho disse...

Oi, oi, oi...

Desculpe a demora em te responder, a campanha para fazer a deputada dançarina um sucesso musical está tomando o meu tempo...

A fonte que eu uso é "Lucida Grande" , tem no blogger. Se eu não estou vesgo, é essa...
Mas a sua fonte tb é bem bacana. Não troca, não!

abs

Mineiras, Uai! disse...

Oi Brena!
Fiz um post inspirado no seu (aquele do namorado safado e do cara bonzinho - que vc não gosta...) rsrs ;) Depois passa lá ok?
Qto ao Sonrizal vencido... Ai. ai .ai! Q horror! Faz o seguinte: deixa uma caixa de OMEPRAZOL ou TROPINAL no seu criado mudo que se tiver dor de estômago é pá e bola! (experiência própria, rsrs)
Beijo
Ana Letícia

Anônimo disse...

Pindurissss Primaaaaa...
to chocada aki de como vc escreve bem!!!!!!!
vires escritora rápido..uhauhauha!!!
Seu blog ta sendo o kente pelando do momento...um ibpe louko!!!
uhauhauhauha
mas tbm,neh...só textos ótimos!!!!
te adorooo,viu?!
vamos marcar essa saída bombante pra outro dia...uhauhauhauha"!!!
bjim da prima Pindurissss(Ana Carolina)

joão alguém disse...

Passei às 5h30 na casa dela. E ela, com todo aquele blasé feminino que só as ex são capazes de demonstrar, retribuiu do alto de sua varanda. Mais especificamente, retribuiu uma mala, 3/4 de uma cueca, 36 meias fotos e a aliança de compromisso (essa era uma só). Infelizmente, esqueceu de me mandar o Sonrisal.

Beijos do Baudelaire XIV

Joao Guandalini disse...

Guria, quem mora sozinho não pode ficar doente de madrugada, não pode assistir filme de terror porque não dorme depois, não pode ter vontade de comer bolo porque se não faz e come tudo sozinho (vale para brigadeiro também) e nem pode ter crise de carência se não dá trabalho para exs e amigos de plantão. Como faz falta alguem que mora com vc pra rachar uma cerva e te chamar de viadinho por estar diferente. :) Saludos!

Dani Morreale disse...

plac-plac


Menina, vc escreve nuuuuuu!

Beijos pasmo

Anônimo disse...

Nossaaaa!!!
Eu q moro sozinha sei mto bem oq eh isso!!!
Adorei...
Passei mal a pouco tempo, mas foi febre, e o pior q eu ainda tentei ligar pra farmacia mas ninguem me atendeu, devia ser pq era 3h da madrugada neh!!!
Essa vida d quem mora sozinha eh complicada... hahahahaha
Bjosss
Carmen

Gissa disse...

Cada dia q passa, mais e mais sucesso o seu blog...
As vezes nem coments, pq passo tanto por aki... Adoro!
Estou acompanhando...
Bjussss my friend!

Aloisio Nunes de Faria disse...

Passei por aqui de novo. Ah! Imitei seus pontinhos no layout do nome do blog. Desculpe o "plágio".

Aloisio Nunes de Faria disse...

Tá ligada, hein? Você é bem rápida no gatilho. Caramba, uai!

Gustavo Veggi disse...

Nem me fala the... eu moro sozinho e tenho mó medo de acontecer comigo! Vamos morar juntos?!

leonardo félix de Souza disse...

É brena , realmente não deve ser mole morar sozinha não....
Essa esperiência eu ainda não sei ~como é não !!!!

realmente deve ser dureza !!!


Beijos , adorei esse támbem !!!

Daya ʚïɞ disse...

Ouwwn tadiinha!
fiquei com mt pena de vc, mas eu senti mais pena na parte do ex.
kkkkkkkkkkkkkkk
guria, então, que coisa ruim =/
mas que fdp esse ex, pq nao é pq era ex que ia deixar vc passando mal as 4 da manha.
homens são todos iguais. :(
adoro seus textos florzinha
bjjs