05 junho 2007

UMA COMPLETA IDIOTA

Vira e mexe, me pedem pra escrever sobre uma história que aconteceu com outra pessoa ou um assunto qualquer que eu nunca vivi. Recuso sempre. Não consigo. Simplesmente não consigo escrever sobre algo que nunca vivi na pele. Dizem que é porque eu escrevo com o coração. Sei lá. O fato é que escrever sobre um tema determinado por outra pessoa nunca deu certo comigo. Os textos, por mais que eu tente fazer de forma diferente, acabam ficando com a minha cara. É por isso que eu fico tão irritada toda vez que “clonam” meus textos por aí em orkuts e blogs de outras pessoas sem colocarem que o texto é meu. E é por isso também que acabo escrevendo sobre temas parecidos. Amar, não amar. Apaixonar-se, não se apaixonar. Dar foras, levar foras. Os homens bonitos, os homens feios. Os ficantes. Os que querem a gente e a gente não quer. Os que a gente quer que não querem a gente. Os que querem a gente e a gente queria querê-los. Não que eu tenha grande conhecimento de causa em acertos. Mas em tentativas, sim. Agora, o mais engraçado de tudo é que estão sempre me escrevendo pedindo conselhos. E os casos se repetem sempre. Só mudam os personagens. (The players change, but the game remains the same). Comigo, com a vizinha da porta ao lado, com uma mocinha que mora em Goiânia, com a outra de Portugal. Mas, já adianto: não me peçam conselhos sobre o que fazer. Só entro em furadas. E, se não é furada, faço virar uma no final. Incrível. Acho que, no fundo, eu gosto dessa coisa de me apaixonar no dia seguinte e me desapaixonar uma semana depois. Atire a primeira pedra quem nunca se apaixonou - e tome uma pedrada na cabeça porque quem nunca se apaixonou não sabe como é se sentir imortal.

Imortal. É exatamente assim que se sente uma pessoa apaixonada. E disso eu posso falar com um bagageiro cheio de conhecimento de causa. Sabe chegar em casa e não sentir os pés tocarem o chão? Sabe acordar rindo sozinha igual uma idiota? Sabe rir sozinha no meio dos outros, sem motivo (idioooota)? Sabe seu coração disparar quando seu celular toca e você vê o nome dele piscando? Sabe engasgar com o ar porque o ritmo da sua respiração tá diferente durante o dia? Sabe fazer loucuras que você jamais faria em sã consciência? Sabe achar tudo que ele fala lindo? Sabe não achar defeito nenhum em uma pessoa? Sabe quando a pessoa fica on-line no MSN e você tem vontade de beijar o monitor? Sabe quando ele vem teclar com você e você fica prestando atenção na janela “fulano está digitando uma mensagem” pra ver o que é que ele vai escrever? Sabe sentir um frio na espinha quando você chega perto da pessoa e achar que o mundo parou? Sabe a pessoa te convidar praquele programa que você detesta e você ir feliz? Sabe ir ao aniversário da tia-avó com ele e achar tudo lindo? Sabe achar tudo lindo? Tuuuuuuuuuuudo lindo! Sabe de repente as cores das coisas ficarem mais vivas e até filme antigo ficar colorido? Sabe querer dançar até com aquela música baranga que você odeia? Sabe olhar pra placa de todos os carros iguais ao dele na rua pra ver se é ele? Sabe suas amigas não te agüentarem mais porque você só fala dele? Sabe querer viver pra sempre? Sabe descobrir que sua alma é brega? Sabe um texto não ter fim porque você fica lembrando de tudo que você faz e que na verdade todas essas coisas só te deixam parecendo uma idiota? Sabe se sentir a idiota mais feliz do mundo? Eu sei.

<><><><><><><><><><><><><>

Amigos blogueiros, muitos links dos blogs de quem comenta aqui não estão funcionando corretamente quando a gente clica. O Blogger indica "perfil não disponível". Dessa forma, não tem como eu retornar a visita de muita gente. Anotem o link junto com o comentário quem não souber se o perfil está disponível pra visualização.
E quem não tem blog, pode comentar também, clicando em "comentar como outro" e colocando seu nome. Beijos e bom feriado.

54 comentários:

Tiago disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Tiago disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Tiago disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Tiago disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Tiago disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
mojitos disse...

Lembra-me aquela musiquinha:

Quando eu lhe dizia,
Me apaixono todo dia e é sempre a pessoa errada.
Você sorriu e disse: eu gosto de você também.

Só que você foi embora...cedo demais.

Um beijo.

Fábio Max Marschner Mayer disse...

Brena,

Graças a seus comentários sinceros, dentro de uns 15 minutos, haverá uma homenagem para ti lá no meu blog!

Não deixe de participar da corrente!

Cristina disse...

Se sei... rs... Me identifico mto com seus textos! =) Bjos

Viviane disse...

Moça! Não fique assim! Eu tb sou uma idiota! rsrs E estou passando essa fase "idiota" atualmente! Mas, quer saber? mesmo com todas as decepções, vale a pena ficar rindo sozinha na rua e ansiosa esperando a ligação dele! Uma hora, nós vamos acertar!
Beijão no coração!
Deus te abençoe!

Luiza Lisboa disse...

Ai... buáááááá... que lindo!!!
Ah... eu queria tanto ler um texto desses, TANTO! Tá tão tarde e eu vou dormir rindo! êêêêêêê!!!
Mil bjos! Fica com Deus!

feeling-nothing disse...

Me identifico muito com seus textos. Já acompanho seu blog a um tempo e para ser mais precisa, desde outubro de 2006 que ele está favoritado no meu pc. Escrevo a um tempo também, mas só agora resolvi expor meus textos para tentar fazer com que outras se identifiquem também. Parabéns pelos textos e se pudesse me adcionar nos seus links, ficaria lisonjeada. Grande beijo!

Anônimo disse...

Profundo e Cheio de Magia!!!

Eu tb sei...rsrsrs

Mas o Amor nos faz de idiota mesmo... Hahahaha!!!

A gente que não percebe...

Bj

Leh disse...

Eu já pensei em sugerir um tema, sabe?! Mas eh horrível vc ter que escrever alguma coisa sob pressão, não sai nada que preste e da pra notar que ficou forçado.
Tipo, vc podia atualizar com mais frequencia
eu venho aki umas tres vezes por semana e nunca ta att.

Faço propaganda do blog no colegio, ontem msm uma amiga tava falando que já leu todos os textos e que amou o 'fiscal do tempo'

Falando do texto, gostei, ficou fofo demais; a parte do beijar o monitor foi foda kkkkkkkkkkkkk
td mundo fica idiota msm, e é tão bom ;x hehe

;*

Jailene disse...

Se eu sei? Sim, eu sei!! E como sei!
Mas eu gostaria de te falar é dessa coisa de se meter em furada... também sou do tipo que sempre se mete em furada ou transforma tudo numa ao final. Diz minha psicóloga que isso acontece porque estou acostumada assim, porque no fundo (inconscientemente) não quero que dê certo, pois qualquer relacionamento diferente mudaria toda a 'regularidade' da minha vida, me tiraria o controle das coisas, o que pode trazer ainda mais dúvidas e medos. Faz sentido, mas prefiro as palavras de Deepak Chopra:
"Seja qual for o relacionamento que você atraiu para dentro de sua vida, numa determinada época, ele foi aquilo de que você precisava naquele momento."
De qualquer forma, furada ou não, ficamos mais leves e mais idiotas... e isso é tão bom!! Eu adooro quando me permito ficar idiota, mesmo que tenha que voltar a 'normalidade' depois.
Nem sempre comento, mas leio sempre teu blog.
Abraço de fã!!
Jailene.

Anônimo disse...

Apaixonar-se é Platonico,é um sentimento puro que só faz bem...portanto que mal tem??....eu me apaixono pelos seus textos e me identifico bastante tbm...marcelabofer@hotmail.com.......Bjsss e bom feriado Mineirinha ;).

lara cevada disse...

Mais uma vez arrasando... ;) parbens tá lindo o blog

david santos disse...

Eu não acredito! Esta mulher quer-me matar! Idiota!? Nem pensar!
Quem quer um namorado como a minha querida amiga quer, não é idiota, não! Talvez seja "egoísta". Quanto ao texto no seu todo, ainda que não pareça, por ser dito por mim, claro, é um grande texto. Nós devemos pôr sempre a nossa marca em tudo que escrevemos. Temos que ser criadores. Claro que escrever acerca de vidas que não nos dizem respeito, mas que nós, por um motivo qualquer tivemos conhecimento, também não retira qualidade à criação, mas tem que levar a nossa marca.
Hoje dou-te uma nota muito grande: numa escala de 0 a 20. dou-te 25.
Parabéns.

Funxo disse...

baaa. mto legau esse texto.. show de bola teu blog...
parabens!
:*

Funxo disse...

baaa. mto legau esse texto.. show de bola teu blog...
parabens!
:*

pintadinha14@hotmail.com disse...

A Brena ? Parece q ela sempre sabe o q os leitores querem ler...Parabéns ! Ficou shooooooow o texto !

Nathy disse...

perfeitoo seu texto!!!
sempre passava por aqui, agora entrei na ondaa e criei um blogger tambem!! claro que nao chega nem aos pes do seu mas to tentando, depois vai la da uma força!!

bjuu lindaaaaaaa
te linkei la

Caroline C. disse...

Oi, Brena! Que blog lindo, adorei! Você é poesia em tudo, e escreve tão bonito... Seus sentimentos são tão intensos e febris, parecem os meus. Menina que se transforma em mulher. Uma mulher, talvez, que se esconde em forma de menina. Só você sabe ser bonita desse jeito.

Beijos.
Caroline.

rosa dourada/ondina azul disse...

Querida Brena, és sinsera em tudo o que fazes.
És intensa e verdadeira.

Continua,


Bom Feriado
Beijo,

Fernanda disse...

Acho que se eu vir um texto seu por aí, sem os devidos créditos, sou capaz de reconhecer como sendo seu. Vc imprime sua marca, ao fazer tudo com o coração. Eu tb tento ser assim. Embora eu ganhe msm p/ escrever com o cérebro (jornalista). Mas a gente vai tentando...
Bjossss

Cinara Lisboa disse...

Brena! Este texto merecerá um post no meu blog (mas fique tranquila, colocarei, com prazer, a referencia de sua autoria)!Tudo. Absolutamente TUDO o que vc escreveu veste, como uma luva. Fiquei pensando em toda a minha "idiotice" rindo sozinha após uma ligação, quase caindo da cadeira quando o celular toca, nas ínumeras e repetidas vezes em que aluguei o ouvido (e o ombro) da minha irmã, da minha melhor amiga, da minha madrinha, dos suspiros e os sonhos de olhos abertos em plena 2ª feira insana. É, somos acho eu, todas, irremediavelmente idiotas...ô sina! Bem, compartilho com vc desta síndrome (Sim. Pq chega a ser uma síndrome - deveria ter terapia) e com certeza, muitas das pessoas que leram e lerão este seu texto tb. Vamos montar uma associação...Parabéns mais uma vez, vc sempre brilhante redatora!

Abraços,

Ps: Valeu pelo post! Visite sempre e a Bailarina!

Ricardo Rayol disse...

àixão é algo avassalador, inebriante... teu texto é perfeito e fico imaginando aqui que tipo de pessoa cola isso e não dá o devido crédito. Bom, paciência.

http://acordaletra.blogspot.com

Paula Estrela disse...

Eh, moça ...na verdade somos todos bem mais parecidos do que imaginamos.
Nós e nossas histórias de amor tão cotidianas. Eu, você, a mocinha de Goiânia...rs!

Bjocas!

A felicidade é um estado de espirito disse...

oi Brena, adorei principalmente da frase: olhar todas as placas de carros parecidos com os dele so pra saber se é o dele é exatamente isso que eu faço kkkkkk

PS: pq tantas comentarios excluidos? vc ta com raiva de alguem? espero que não esteja de mim rs rs bjs e fica com deus viu meu link é www.imylena.blogspot.com

Moita disse...

O seu estilo é inconfundível e belo.

Quando escrever pra fora, mande o nome do livro e a editora.

2 cheiros

Aninha disse...

óia eu aki!!!!!!!!!!!!
Não tem jeito, vc escreve com a alma...e do que viveu, com o coração latente...
Lindo!!!
beijo fofa!

david santos disse...

Tens muitos comentários apagados. Alguém te anda a tratar mal. Também a mim! Tem paciência! Um bom fim-de-semana.

Lunna disse...

Oi Brena, seu post esta uma delícia, me fez lembrar o meu primeiro beijo. Quase alcancei a lua em segundos e olha que quase fico por lá. Risos.
O doce aroma da paixão.
Bem, são sempre sensações, não é mesmo?
Você escreve com o que tem de melhor, que delícia...
òtima semana a sua alma.

Juliana Marchioretto disse...

É, flor..
às vezes eu até queria poder inventar historinhas... mas não seria eu..

beijoca

R.C disse...

Oi Brena, agora entendi porque a tematica similar, gostei. Sei exatamente do que voce fala. Agora, eu curto vir pra ca, nao precisa me visitar obrigatoriamente, por questao de "keep face". Eu so comento quando tenho o que dizer (sempre, pq falo pra caramba), mas eu realmente nao gosto que me visitem so porque eu visitei, hehe, se eh que me entende. Ou seja, se nao lhe interessa ou esta comprido o que eu escrevi, nao se sinta na obrigacao de comentar. Nao quero ser grosso, so sincero, ok?

beijao!

RF

R.C disse...

Ah, fofa, obrigado, ate me fez sorrir ;-) :-)

Ná Jornalista disse...

Querida...feliz dia dos namorados =)

enfim...sorte nossa e de quem sabe o quanto é bom ver cor nessas horas!

Bom feriado pr vc tb !

Wev's disse...

Bem... eu ia te pedir um conselho...rs...
Mas é so para desejar mesmo feliz dia com o namorado...ou o ficante, ou um desses que vc gosta que ele não gosta e até dos que vc não gosta mais ele gosta..é uma confusão as vezes...acabamos nem sabendo direito de quem é que gosta ou não da gente...

Letícia disse...

Olá,

Achei seu blog por acaso.
Mas quando leio seus textos fico maravilhada com a facilidade que você tem ao empregar as palavras, como elas se encaixam bem, quanta coerência!
Estou ficando viciada em seu blog. Está de parabéns!
Beijos e ótima semana!

Anônimo disse...

Queremos mais textos.

Anônimo disse...

Oi Querida...

É foi difícil..., mas te prometo que BH ainda está nos meus planos nem que seja para passar 2 dias apenas...rs

Ir num pé e voltar no outro!

Bjão

Lilian disse...

Oi Brena!!

Que lindoooo
Me identifiquei.... tb me sinto uma completa idiota..... rsrs
mas estar apaixonada é bom de mais...

bjao

Lilian

Marcela Canuto disse...

eu nem posso e nem quero comemorar dia dos namorados, pq eu nem tenho namorado!! hahahahahaha

mas sobre o texto... nossa, me identifiquei total... fico uma completa idiota qndo to apaixonada, mas acredito q com as porradas q eu já levei, eu acabei ficando mais fria... não estou mais aquela apaixonada adolescente de 5 anos atrás... to mais forte, consciente e talvez, até mais fria... mas faz parte do crescimento né??
acontece...

*Clara* disse...

Brenaaaa.... que post maravilhoso..

Aham, eu sei bem de tudo isso que vc citou aqui.... rs....cara de boba e olhar perdido é a minha especialidade, outra tbem, que sou diplomada, entrar sempre em furadas e insistir em cometer os mesmos erros sempre.... burra, mesmo....rs

Beijo, viu...

Frederico Bernis disse...

Pode ser impressão minha, mas não consigo deixar de questionar quando, no seu perfil, os "corpos perfeitos" aparecem antes das "mentes brilhantes".

Seria um ato falho?

Beijo.

Juliana Marchioretto disse...

pode ir direto no wordpress, o do blogspot eu aposentei...

bjoo

Marcos Caetano de Castro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcos Caetano de Castro disse...

O bacana dos seus textos é justamente seu blog ser uma espécia de diário-virtual-resumido-em-texto e ser sempre os mesmos tipos de 'textos-casos' sobre sua vida, ou seja, a mesma 'fórmula', no entanto sempre diferente e que, justamente por se tratar de coisas do dia-a-dia das pessoas, estas mesmas pessoas se identificarem tanto com seus textos, sonhos e, por que não, desilusões. Sim, as pessoas também gostam de saber que elas não são as únicas imperfeitas e que quebram a cara. Te admiro pela sua sinceridade em expôr aqui suas desventuras e sentimentos. Receio que eu não seja homem o suficiente pra me abrir assim em público e esta é uma virtude sua que você expõe com naturalidade e cativa cada vez mais as pessoas. Logo, devo presumir que você seja mais homem que eu, não? :P O segredo? É justamente esse, não tem. Parabéns e conte sempre comigo, afinal de contas, você é a minha 'musa inspiradora-blogueira' e curto suas histórias desde os tempos da 'super sarada' com as tiras hilárias! Daquela época pra cá só mudou o formato das histórias, mas o conteúdo é o mesmo. Sempre o mesmo (que bom!). ;)

ML disse...

Olás!
Achei seu blog no blog de uma amiga e gostei muito. Seus textos são bem interessantes; eu tb escrevo e aos poucos vou começar a publicar no meu blog: domcaixote.blogspot.com
Eu faço freela de redatora, então quando pintar um texto que vc não quiser escrever, é só falar: mlupedrosa@gmail.com
Bjks!

Lunna disse...

De volta, para dizer que citei você no post "Blogs Falando de Amor"...
Abraços e uma linda tarde pra você...

Marcelo disse...

Sim ,nos sentimos imortais quando apaixonados, e idiotas também.
Mas o que isso importa frente ao banho de amor que recebemos, né...
Seu estilo de escrita é único e deve mesmo manter-se fiel à ele.
Porém, é sempre bom arriscar-se em textos e estilos que jamais tentamos escrever.
Tentar, experimentar é sempre bom e gratificante.

Beijos menininha.

ML disse...

Sou de BH também, mas não conheço o Bruno pessolamente, só blogueando por aí mesmo!

Ana disse...

Ai Brena, que mulher não sabe o que é isso? Pois então fiz um texto lá no blog (já tem um tempo q escrevi mas só postei hj) e juro q qdo o fiz lembrei demais de seus escritos. (O título é AVASSALADOR.)
Ah! E tb tem outra homenagem pro "Até onde vai" por lá, ok?
Beijos,
Ana.

Cinara Lisboa disse...

Está sempre convidada a voltar no Bailarina! Qdo quiser um pouco de poesia..visite-nos!

Valeu pelo comentário!

Abraços!

Rose disse...

Esse texto é tudo de bom!
Sem contar que nos últimos dias também ando rindo muuuito sozinha.
beijo e obrigada pela visita.