27 junho 2006

TUDO ERRADO

Este não é um texto sobre o amor. É um texto sobre uma cidadã que já amou demais. Uma cidadã que faz tudo errado. Que se desconserta quando alguém fala que gosta dela. Que é contraditória por natureza. Que fala a verdade quando deveria mentir. Que diz que é fiel aos seus sentimentos mas não entende nada sobre fidelidade. Que gosta de um cara mas sai com outro sábado à noite. Que quer se matar por dar end no cidadão que ela mais quer quando ele liga e ela está com outro. Que já largou um cara dentro do cinema sozinho e nunca mais voltou. Que já saiu de casa às duas da manhã numa terça-feira fria. Que já viajou 400km só pra falar pra um imbecil que ela o amava - e ele disse que já tinha outra. Que já chorou por um homem. Que já chorou por alguns homens. Que não tem vergonha de falar o que sente. Uma cidadã cujo sorriso entrega suas emoções. Cujos lábios movem quando ela pensa. E cujos olhos não a deixam mentir.

Uma cidadã que odeia tomate. Odeia beterraba. Odeia quando tem que esperar alguém ligar. Odeia mais ainda quando esse alguém não liga. Odeia os homens que têm namorada e ficam ligando pra ela (qualé?!). Uma cidadã que adora chocolate. Adora morar sozinha. Adora sua própria companhia. Adora não ter mais idade pra brincar de polícia-e-ladrão. Pra fazer joguinho. Adora já ter passado da fase de fingir que ela não está afim quando está.

Só que essa cidadã faz tudo errado. Ela diz por aí que quer namorar. Mas se esquiva quando seus casos começam a ficar sérios. E só se envolve com os “não-namoráveis”. Os mais galinhas. Os mais baladeiros. E anda dispensando todos os caras com quem ela poderia pensar em fazer planos. Talvez porque, lá no fundo, ela goste de ser solteira. De poder escolher com quem ela vai sair no final de semana. Talvez ela queira ligar praquele cara bacana no meio do show do Rappa. Talvez porque ela ache que sair e conhecer novas pessoas seja uma coisa bacana. E porque ela ainda não encontrou alguém que faça valer a pena largar tudo isso pra se comprometer a um cara só.

Talvez porque ela goste de chegar em casa sozinha. Tirar suas roupas e se jogar em cima da cama. Poder deixar tudo espalhado. Tomar banho de porta aberta. Reservar-se o direito de não atender o telefone fixo. Assistir ao canal de TV que ela bem entender. Ficar na internet por quantas horas achar conveniente. Dar end no celular de acordo com seu humor. Ir e vir de onde ela bem entender. À hora que ela bem entender. E com quem ela bem entender. Talvez ela até goste de comer miojo quando tem preguiça de sair pra almoçar nos finais de semana. E talvez ela prefira a companhia do seu passarinho na sua cama. Talvez tudo isso seja verdade. E talvez tudo isso passe. Mas fato é que a cidadã não vai abrir mão disso por pouca coisa. E que ela não troca suas tardes de domingo sozinha por tardes de domingo em companhia errada.

Fato é que a cidadã não quer alguém pra chamar de namorado. Ela quer um alguém que ainda não encontrou. E o dia que ela encontrar, ela não vai deixar esse alguém escapar por nada deste mundo. Porque essa cidadã sabe o que é perder o cara que é o amor da sua vida. Sabe o que é fazer tudo errado sempre. Mas, mesmo assim, ela não tem medo de começar tudo de novo. De tentar outra vez. De viajar mais 800km pra dizer, mais uma vez, que ama. E essa cidadã só quer viver de novo aquilo que ela conhece muito bem. Amar. Incondicionalmente. Viver incondicionalmente. Viver sem fazer planos. Sem querer prever o futuro. Estar do lado de alguém que é o mundo pra ela. Estar do lado da pessoa certa. Aquela única pessoa com quem ela gostaria de estar. Alguém que conhece todos os seus medos. Todos os seus sonhos. Que sonha junto com ela. Alguém por quem ela abriria mão de todas as maravilhas da vida de solteira. E por quem ela acredita que vai fazer tudo certo um dia.

64 comentários:

Nestor Happach-Kasan disse...

Although the date stamp on the video http://4530.tentiale.info/ what insurers paid after the Sept. 11 Ben Crane won the par-3 contest cloud of ethics charges. She has a long Durham. http://2159.tentiale.info/ to recall such things as the specific and troubles him. He loves Edward, House. He was turned away, Mohammed said, L.A. and Anaheim, there are big

Luiza Lisboa disse...

Yuhuuuuuu...sou a primeira a comentar!!! Sempre esperei por esse dia!!!
Ai amigaaaa, amei o texto! Super profundo assim como tudo que você escreve!!!
Nossa, é tudo tão estranho né!
A gente quer uma coisa mas tem medo do que pode acontecer, aí a gente corre achando que o sonho vai virar pesadelo ou coisa do tipo.
Também quero alguém especial, mas tem que ser realmente especial senão não vale a pena.
É isso aí, tudo vai dar certo pra gente!!! Quero mesmo acreditar nisso!
Bjim***

Gissa disse...

Nossa!!!
Vc pega pesado de vez enqdo.. não consigo acabar de ler o texto sem buscar folego!
Acho q o segredo está em não desistir nunca, amiga.. Creio q se ainda não apareceu ninguém "pra sempre" ainda, é pq ainda não chegou a minha hora, mas não irei desistir, pq essa hora vai chegar!!!
Vc anda bem inspirada né!
Bjssss!!!

Sucessoooooo sempre amiga...
=]

m disse...

Que texto mais puro! Íntimo... Parabéns... Adorei ler e perceber que sou um pouco normal tbm... bjos

Luiz Carlos Reis disse...

Belo texto! Um monólogo perfeito! A liberdade, às vezes, torna a vida sem muito sentido. Epíteto diria que "é impossível para um homem aprender aquilo que ele ACHA que já sabe."
Teu cantinho é muito aconchegante!Um grande abraço!

Aninha disse...

Eh Brenoca, conseguiu passar pro papel tudo que a gente sempre vem falando né...
Muito bom!
Tenho certeza que nosso dia vai chegar!
MERECEMOS TUDO menina!!!
Um beijo no seu coração!

Aninha disse...

Ah...li os textos do IDIOTA.
Sem comentários ( pelo menos públicos, senão as pessoas saberiam de quem estamos falando...)
AFF q pisca pra ele. Digno de dó.

E tenho dito.

Tex Murphy disse...

É, Brena, creio que nós chegamos á idade de só querermos para nós alguém que realmente vale a pena.

Não podemos perder tempo com testes. Temos que acertar na lata. Porque o número de desilusões que agüentamos é limitado...

Mas fica tranqüila, que um dia vc acha. Assim como eu sinto todos os dias que encontrei...

Bjão procê!

Teresa Durães disse...

Olá, conheço alguém assim, eu...inconstante...

A ave (em Portugal chamamos Caturra) é minha. Esta é um macho e está na companhia de uma fêmea.

Antes estava à solta pela casa mas desde que a fêmea chegou ficou agressiva e a companheira não quis sair da gaiola. Por isso neste momento estão as duas numa grande gaiola com dois piriquitos (gaiolas de pé).

Obrigada pela visita.

Déborah Tolentino disse...

Não adianta, a gente sabe como funciona nosso coração! Sabe bem quando a porta parece aberta pra alguem entrar, mas na verdade é só uma fresta, pra dar um gostinho pra quem olha, pois ninguem passa por essa porta... Não até essa pessoa ser capaz de fazer o coraçao pular pela boca só de aparecer no msn, de merecer um toque especial no nosso celular no dia seguinte de ter aparecido na nossa vida... De fazer a fome ir embora correndo, sabe-se lá pra onde, porque hoje ele vem te pegar pra ir ao cinema e pouco importa o filme, você pouco te interessa se o fulano de tal todo lindo está estampado na tela plana, se quem você quer está ali, sentadinho ao seu lado, com joelho encostado no seu e com isso seu mundo pára! Sua respiração muda, os olhos brilham sem precisar de nenhuma maquiagem... Porque ele te completa, ele te faz nao querer olhar pros lados, com ele você é você, sem máscaras, sem vergonhas, com vontade de ser feliz, ser dele... E quando isso acontecer, amiga, escancare a porta, abra os braços e principalmente, o coração!
(te falei que exagerei, mas foi a empolgação...)
adoro-te... bjoksss

Rebeca disse...

é sempre assim...temos medo de pagar pra ver, mas se não pagamos pra ver, nos perguntamos depois como q teria sido!!
é sempre melhor estar sozinho ao estar com a pessoa errada! é isso que me conforta!!
beijos

leonardo félix de Souza disse...

The rene´ssssssss , que texto chocante hem... Maravilha, adorei...
Vc falou tudo pois é melhor estar sozinha e fazendo tudo oque tiver vontade de fazer do que vc estar com a pessoa errada é ficar sempre cheia de restrições, um dia vai vir o príncipe encantado à cavalo pra vc Brena, aí sim, vc pode fazer planos para o seu futuro, mais enquanto ele não chega, só Deus pra te segurar da sua liberdade, aproveita muito mesmo. Pois eu aproveitei bem , mais não o bastante pra eu falar ja chega!!!
Adorei esse texto me ajudou bastante !!!

The rene´ssss te amo minha amiga !!!

Beijos

Além do ponto disse...

..cidadã na verdade muito insegura...
linda.loira.lisa.jovem.mas muuuito insegura.
desejo a essa cidadã mais segurança e auto-confiança..tudo dará certo!

disse...

Tudo tem sua hora. O que for pra acontecer vai acontecer, forçar a barra é pular etapas, se anular, se desrespeitar. Por isso vale a pena curtir cada fase, até mesmo a solidão. Crescemos e aprendemos com todo tropeço e também quando a felicidade nos bate à porta. Um dia essa cidadã deixará de fazer as coisas erradas simplesmente porque estará madura o suficiente pra ver tudo com clareza e decidir o que quer pra vida. A pessoa certa a encontrará quando ela menos procurar. É a vida, simples assim. Nós é que complicamos com nossas vontades.
Beijos Brena

Deco disse...

Ah essa cidadã !!! Que rasga o verbo sem medo, que nos enche de arrepios e suspiros em suas linhas ora certas, outrora tortas. Concordo !!! Tem que peneirar mesmo... Até o fim. Tem que valer a pena !!! Bjos

Rodrigo "Kiko" Torres disse...

Palavras são só palavras se não vierem acompanhadas de ação.

Concordo com a Vanessa do Além do Ponto. Ainsegurança está nas entrelinhas.
Apesar do texto aparentar afirmativo e se travestir de auto-conhecimento, só enxerguei dúvidas.

É tempo de rever conceitos...
O bom, só atrai o bom.
Seu destino é você quem escreve, o acaso é a realização do seu desejo através de seus atos.
Palavras são só palavras se não vierem acompanhadas de ação.

Desculpa a dureza das minhas palavras, mas o gostar as vezes é necessariamente rígido.

Beijão

Sara Caroline disse...

Duvidas Duvidas Duvidas A Dona Brena a vida é cheia delas ..
Posso falar?
Casando Namorando sempre vamos ter..
Tem um tempo que sou casada e mesmo caminhando ao lado de uma pessoa as vezes me sinto sozinha..
Acho que cabe buscar dentro de nós mesmo várias direções.
Deu pra entender ? Rs
Beijokas Lindona
Sara

Ju disse...

É parece que somos muito diferentes! Odeio estar solteira, não consigo ficar sozinha...rs Mas numa coisa concordamos: tem que ser alguém que realmente valha a pena!!!! Não pode ser qualquer um! Adorei seu blog... adorei mesmo!!! Obrigada pela visitinha lá no Caminhos! bjinhos

Luiz Gustavo de Sà disse...

Bem, o importante é ser coerente consigo mesma, mesmo que não saiba ainda o que se quer. Mais adiante tudo se ajeita.

Sou eu mesmo quem escrevo aqueles textos

bjs

...Danizita... disse...

Lindo seu texto... E adorei!!!

Combina mto comigo...rs

Bjokas

Karina disse...

Flor, tu falou DE MIM nesse post, foi? rs...

Juliana disse...

Oi Brena,
você não me conhece, sou de Bh, mas moro no Rio. Você conseguiu resumir a minha vida nesse texto. Concordo plena e absolutamente com cada palavra.

Canutinho disse...

minha torcida é que você consiga :)
mas o fato é que cada vez mais, mulheres bem-sucedidas fogem do amor, fogem da chamada "dependência amorosa". é um fato.

Soul disse...

Seu texto é tão intrínseco... aberto, e ao mesmo tempo ausente, escondido, mas ao mesmo tempo conversa com quem os lê e termina de uma maneira laudatória. Há uma magia substancial que acabamos nos identificando, pelo menos eu, risos. E isso, diga-se de passagem, é uma ótima qualidade para quem escreve.
Textos "Phodas". É, com PêAgá mesmo, porque "Foda" com Éfe, é muito simples e comum.

Beijos do Soul

Dani Morreale disse...

Gataaaaaaaaaaaaaa. Fala rasgado pra geral que HOMEM para BRENA é tão escuso que demora para aparecer. Raros !!!!!!!!!!!! Mas existem, e a hora certa é a hora. Sem mais nem menos. Nem interrogação e exclamação. Isso ai.O problema que não tem manual de instrução. Arrasa para sempre gata Brena..............

Walter Carrilho disse...

Essa cidadã por acaso tem um blog, onde ela costuma falar abertamente o que pensa e o que sente? Caceta, acho que eu conheço...(sim eu sou péssimo em fingir).

Espero que vc encontre o fulano que seja a sua cara. mas, putz, ele vai ter que ter ser "o" cara para encarar a sua sinceridade.

Nós homens somos meio covardões, vc sabe..

abs

lipeburger disse...

tá lindo texto! um lindo texto já era de se prever. Mas vc diz nele que talvez por medo de se envolver saia com caras "não namoraveis" e dispensa aqueles com quem poderia "fazer planos". E você termina o texto dizendo que quer voltar a ter um relacionamento e tal. Ih, to confuso! Mas vou te dar o benefício da licença poética, oquei? Hehehe. Mil beijos!

The Rennis disse...

Adorei o texto mais uma vez....
Te amo infinito The!
Beijão,

Lilian disse...

Arrasou como sempre hein... :)

Eu tb quero um homem assim...
que me faça tremer nas bases e com quem eu possa fazer planos...

Será que existe???? :)

Tomara que vc encontre o seu!!
Vc merece mt...

Bjs :*

B R E N A disse...

Gente, nunca comentei no meu próprio blog, mas vou fazer isso hoje...
Conversei c a cidadã dos textos e ela avisa que é assim mesmo... contraditória (viu, Lipe?!) e também mandou agradecer pelos conselhos e pelas palavras carinhosas... rs!
E ela está bem, obrigada! Rs
Beijos

Lucas Marge disse...

Brena!!!!
As coisas mais "SIMPLES", acabam se tornando as mais "COMPLEXAS".
Amar é necessário sim!!! VC SE AMA!?!?!? Issu é o mais importante. VC SE AMA MSM!?!? Vc só conseguirá amar alguém assim que vc se amar por completo.
As grande histórias de amor, começam num caixa de supermercados, numa fila no banco, numa batida de transito, num esbarrão no balcão do bar!!!
Brena, o amor vem naturalmente!!!
As vezes agente corre atras de uma pessoa "que ñ é pra gente" e dessa forma acabamos se afastando de alguém q Deus colocou em nosso caminho. Pense nisso!!!!!

Te adoro mto amiga!!!!!

Grande bjo... ;******

§ilvia disse...

Cidadã que escreve bonito. Dona de muita sensibilidade e de um coração pulsante. Ah...Bate, coração!!

Fazer tudo certo!? Difícil, né?
"Em tudo na vida a perfeição é finalmente atingida, não quando nada mais existe para acrescentar, mas quando não há mais nada para retirar."
[Antoine de Saint-Exupéry]

Beijinhos e Boa Semana pra ti, querida. ^^

Luiza Cristina disse...

oi Brena.
Passei pra dizer que estou de volta.
Valeu pela força.

um beijo.

luma disse...

Amar nem sempre é assumir um compromisso que tenha como consequência perder a liberdade. Todos nós cedemos um pouco em qualquer relação, por menor que ela seja; O medo de que tudo possa mudar na vida, é o próprio medo do desconhecido.
Quando amar de verdade não se importará de compartilhar. (rs*)
Boa semana! Beijus

Joca disse...

Olá Brena!

Sim, já fui operado e correu tudo muito bem. Já estou em casa há 1 semana a recuperar as forças!
Dentro de 1 semana ou 2 espero estar novamente 100%

Beijo

Joca

XandeLima disse...

Realmente estive muito parado... deve ser o efeito copa...
Mas agora acho que vai melhorar.
Beijos.

Gio disse...

Ah!!!
Cansei de procurar...acabei achando
Um amor que me faça viajar 11.000 Km e voltar so pra ele.
Como valem a pena esses momentos

Gio disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Gio disse...

Ah!!!
Cansei de procurar...acabei achando
Um amor que me faça viajar 11.000 Km e voltar so pra ele.
Como valem a pena esses momentos

Gio disse...

Ah!!!
Cansei de procurar...acabei achando
Um amor que me faça viajar 11.000 Km e voltar so pra ele.
Como valem a pena esses momentos

fernanda disse...

No fim das contas isso é o gostoso, né? Quando a gente achar que estamos fazendo tudo certo, acho que perde a graça.
Vocês se expressando bem como sempre.
Bjos!!

Daniela Mann disse...

Há uma teoria para isso!
Normalmente temos tendência para nos atrairmos a quem em principio nos vai fazer infelizes, mas isso é porque inconscientemente estamos a procurar nessa pessoa as mesma caracteristicas de alguém que nos magoou, nomeadamente os nossos pais, para de certa forma nos redimirmos do passado. Como se quisessemos uma segunda chance de enfrentar os nossos medos e vencê-los, mas normalmente não é isso que acontece e depois sentimo-nos miseráveis! Beijinhos e parabéns pelo post

Daniela Mann disse...

Há uma teoria para isso!
Normalmente temos tendência para nos atrairmos a quem em principio nos vai fazer infelizes, mas isso é porque inconscientemente estamos a procurar nessa pessoa as mesma caracteristicas de alguém que nos magoou, nomeadamente os nossos pais, para de certa forma nos redimirmos do passado. Como se quisessemos uma segunda chance de enfrentar os nossos medos e vencê-los, mas normalmente não é isso que acontece e depois sentimo-nos miseráveis! Beijinhos e parabéns pelo post

Saramar disse...

Oiiiiiiii, cadê você? Está na praia?

eduardo disse...

Nossa, como vc tem fluidez com as palavras. Parabéns!!!

disse...

Oi Brena, qual é o post? Quero ler.
Beijos

Gissa disse...

Amiga,
To passando por aki novamente...
Fico procurando textos...
Bjs!

Bernardo disse...

Fantástico

_rodrigo disse...

Seu blog é excelente, também. Mas, já que vc passa mal lá no Circo, vou instalar saquinhos de vômito virtuais (rs) =)

DE PROPOSITO disse...

Uma cidadã 'controversa'.
Fica bem.
Manuel

Pensamentos disse...

Oi Brena ta boa?
I Cansamos de fazer essas coisas
Mas eu amei cada momento de loucura que vivi viu ..
Beijokassssssss

Moita disse...

Brena

Continue fazendo tudo isso. É assim mesmo que se vive. Essa de querer acertar da primeira, só Romeu e Julieta, que também não acertaram.

beijos

XandeLima disse...

Novamente a paixão de viver, paixão que poucos tem e poucos dos que tem consegue suportar. Quem não tem a força necessária acaba sendo corroído por essa paixão.

Mas novamente o texto é profundo, direto e, principalmente, muito bem escrito.

Finalmente atualizei o meu blog, dessa vez só um desabafo rápido.
Repare que seu blog já está entre os meus links, assim posso partilhar com outros esses textos maravilhosos.

Abraços.

disse...

Nossa Brena, lindíssimo o texto do link.
Temos toda razão em reservar um espacinho no coração e na memória para os momentos passados. Quando bater a saudade, ou contrário de se lamentar eu prefiro lembrar. É como estar vivendo tudo de novo.
O mais engraçado é que os nomes são os mesmos, MARIS.
=/
Vida que segue.
Bom final de semana =***

cilene disse...

volta...

Aline disse...

Atualiza, Brenda!!
Já li e reli todos esses textos...
Demora não, please!!
Bjs!

Aline disse...

Desculpe-me pelo Brenda!!
Já aprendi!! BRENA!!!
rS
bJS

Lúcia disse...

Perfeito só Jesus Cristo. Mas se é para amar de verdade e respeitar, que essa moça consiga encontrar a paz e o amor. E viva feliz pra sempre!!! Eu acredito no amor, desde que me traga bons fluidos. Tenha um bom início de semana, beijos...

Raquel disse...

Ahm....
Vc disse tudo Brena, caramba!!
É pessima essa sensação de que algumas coisas são muito nossa culpa... mas Deus nos dá muito tempo ainda p concertar!
As vezes em uma semana a gente resolve, as vezes nem em anos...
Bjuuus

Joaninha disse...

os textos estão muito bons! muito sentidos e intensos...parabéns!
beijinho de Portugal*

ana laura disse...

Literalmente vc me descreveu... eu sim fazia tudo isso... como viajar 400km pra falar q eu o amava... e não viajei pouco não, foram 5 anoos =O
Parabens Brenda.
Beijão ;)

Carolina Braga disse...

'Fato é que a cidadã não quer alguém pra chamar de namorado. Ela quer um alguém que ainda não encontrou. E o dia que ela encontrar, ela não vai deixar esse alguém escapar por nada deste mundo.'

Perfeitooooooooo demaisssssssssssss! Aiaiaiiiii, um dos melhores e um dos quais mais me identico, mas sei que nunca saberia 'dizer' tão bem.

Abraço publicitária-escritora!rs

=)

Bárbara Lacerda disse...

Incrível. Esse texto é a minha cara. Até choro quando leio, minha vida descrita em um texto.
Lindo! Parabéns.

Érica disse...

Perfeito !