05 setembro 2006

DAS COISAS QUE A GENTE NÃO DISSE

Não tenho porque esconder. Ontem, na frente dessa tela de computador idiota, eu chorei por sua causa. E não foi a primeira vez, você sabe disso. Mas talvez tenha sido a última. Chorei porque, finalmente, tive a coragem de te dizer que eu te amei. Chorei porque você me disse que também me amou. Chorei porque essa história seria linda se fosse uma novela mexicana. Mas é a vida real. E, na vida real, é tarde demais pra deixar o “te amo” pro último capítulo.

Hoje, a história é bem outra. Meu coração já não dispara mais quando te vejo. Você é quase uma pessoa como outra qualquer pra mim. Quase. No fundo, bem lá no fundo, sei que você não é simplesmente um transeunte qualquer quando cruza meu caminho. Sei que você fez a diferença na minha história. E foi você quem me fez perder o medo de me jogar, de me atirar, de mergulhar de cabeça. Você que fez eu ter vontade de abraçar o mundo. De sair sem direção. De dizer o que eu penso mesmo que as pessoas não gostem. De dizer o que eu sinto mesmo que as pessoas se assustem. De não ter medo de me expor. De ser transparente. De ser eu mesma. Ainda que esse “eu mesma” seja tola. Seja ingênua. Seja criança. Seja desavisada. Seja apressada. Seja afobada. Seja histérica. Seja ansiosa. Seja imediatista. Ainda que esse “eu mesma” precise de alguém, às vezes, pra parar de ser isso tudo.

Foi com você que eu aprendi que amar vale à pena, mesmo que dê tudo errado no final. Aprendi que, quando a gente está do lado de quem a gente gosta, basta estar ali, na companhia certa. Mesmo que ela não diga nada. Que ela não te toque. Que ela não te beije. Quando a gente está com aquela pessoa, só isso basta. Só estar ali. Junto. Basta o olhar. O cheiro. O silencio. O calor do corpo. O pensamento que está exatamente ali, naquele instante.

Eu me lembro como se fosse ontem. Eu, apaixonada por você. Você, o mais galinha da turma. Eu pensei que eu era só mais uma. Você me disse que eu tinha prioridade. Eu ri da sua cara. Você me pediu em namoro. Eu disse não. Você ficou sem entender nada. Eu chorei a noite inteira. Você procurou um novo amor. Eu vi que tinha te perdido. Você se encontrou em novos braços. Eu fui atrás. Você disse que já tinha outra. Eu novamente chorei. Você começou a distrair seus sentimentos. E eu a me morder por te ver com sua nova namorada.

E a gente nunca mais se encontrou. Não pra falarmos de nós dois. Não pra sentarmos na porta da sua casa e você ficar me olhando daquele jeito que eu gostava. Nunca mais eu passei na sua casa enquanto você lavava seu carro. Nunca mais parei meu carro lá nas tardes de sábado sem nada pra fazer. Nunca mais você pôde implicar comigo por eu usar óculos maiores que eu. Nunca mais nos encontramos sem que eu ou você estivéssemos namorando. O destino (ou sei lá o quê) separou a gente pra sempre, sem que a gente percebesse.

Agora, seis anos depois, você vem me dizer que me amou de verdade. Só que a nossa hora passou. Ou a gente deixou passar. Hoje, aí está você, feliz (???) com sua namorada. Eu? Amei um ou outro cara. Me distraí com alguns. Mas aprendi a não deixar nada mais passar. Se a gente vai ficar junto novamente um dia? Não sei. O que sei é que o nosso tempo passou. E, quer saber? To chorando de novo depois de ter escrito tudo isso. Mas é um choro do bem. Um choro de alguém que aprendeu demais com você. Um choro de alguém madura o suficiente pra falar as coisas certas. Na hora certa. Pras pessoas certas. Ou pra falar as coisas erradas. Na hora errada. Pras pessoas erradas. Mas alguém madura pra simplesmente fazer o que está com vontade. Porque, daqui a seis anos, ou, quem sabe, 60, eu não quero lamentar ter perdido alguém por simplesmente não ter dito o que eu sentia.

50 comentários:

Karina disse...

Olha Brena, eu já disse q tu escreve pra caráleos? Já né! Pois é!

Anônimo disse...

Caralho, Lora...

Aline disse...

Lindo texto!! Sou sua fã de carteirinha!!!!!
E tb estou nessa!! Não deixar nada pra depois! Vai que o depois não chega????
Sucesso! Td de bom pra ti!!
BJS!

Inez disse...

Todas as vzs que venho aqui...parece que estamos sempre vivendo os mesmos momentos...pois vc consegue dizer exatamente o que eu sinto dentro de mim...obrigada por ter sempre essa oportunidade de saber que não estou sozinha nessa.
Inez

Emanuelle Félix disse...

É por essas e outras que eu insisto em dizer que devemos sempre expressar nossos sentimentos. Se isso tivesse ocorrido a história poderia ter sido diferente, quam sabe uma linda história de amor! Mas o que passou passou, nao volta mais e como você escreveu... Isso fez você aprender muita coisa, fez diferença na sua vida, fez você melhor. Apesar dos pesares, tudo o que apssamos na vida, independente da dor que causa, vale apena. tudo tem um lado positivo e um negativo.

Bola pra frente mulher, chorar faz parte só cuidado par não exagerar e criar rugas rs.

"O que tem que ser seu sempre voltara pra você"

Luiza Lisboa disse...

Chora nãããããããããão!!! rsrsrsss...
Esse foi profundo heim? Hoje vc tá mais inspirada ainda! É texto real?
Se for, não gostei desse bunda mole não! Tem muito homem engraçado né? A gente melhora daquele sofrimento todo e eles aparecem falando que ama e talz...
Áááááá... colé?
Como vc escreveu, não tem essa de "te amo" pro último capítulo não!
Rsrsrsrs...
Bjoooooooooooooooos*****

Roy Frenkiel disse...

'E eu mesmo sem te ver, acho ate que estou indo bem, so apare'co, por assim dizer, quando convem aparecer...'

'Quero que saibas que me lembro, queria ate que pudesse esquecer. Es parte ainda do que me faz forte, pra ser honesto so um pouquinho infeliz...'

Lembran'cas e Historias...

Bjx

Rf

J. disse...

Brena,

Percebi com o tempo que é impossível não deixar passar algumas coisas ... pois assim como o tempo que não volta, muitas coisas são inevitáveis.

O amor é inevitável. Vc. ama, sofre, ama de novo, sofre mais um pouco, de repente ... fica feliz ... vive feliz ... se apaixona, ama, sofre de novo ... e é o inevitável.

O segredo talvez não esteja em deixar passar, pois como diria o sábio ... tudo na vida passa. MAs o ideal talvez, seja curtir o que está vivendo naquele momento. Fazer daquilo algo importante. Real.

Eu amei muito. Mas também sofri muito. Mas o que seria do amor se não fosse o sofrimento também ?

Amar é um dom raro de momento. E cada um tem o seu momento e o seu tempo.

Viva. :)

leonardo Félix de Souza disse...

The rene´ssss, nossa que texto...

Fiquei até emocionado quando o li agora....

Essa experiência sua serce de exemplo pra muita gente ler e prestar bastante atenção e sizplesmente fazer aquilo que seu coração manda, pq mais pra frente quando vc resolver será tarde demais...

Acanteceu comigo sabe, com uma menina que morava na rua São Pedro, até amiga sua; Eu uma época atrás fiquei com ela fiz de tudo pra isso acontecer, quando consegui finalmente, ela começou a se apaixonar comigo e eu nada, mais eu gostava dela demais, mais nunca falei isso pra ela, e ela querendo namorar comigo, e eu nada... Tempos se passaram, e depois eu procurei ela: sabe oq aconteceu???
É isso mesmo que vc está pensando, ela não me quiz mais, disse que amava ela, e ela ´´TARDE DEMAIS´´ ... Quando eu te quiz vc não me quiz ,estou me relacionando com outro... Eu sofri calado demais....
Sei como é:
Líção:
Sempre diga a verdade e nunca ilude alguém , pois mais pra fente vc poderá com certeza se arrepender, pois esse mundo dá muitas voltas!!!!


The rene´ssss beijos e um ótimo feriado pra vc !!! Curte bastante...
Te amo infinito!!!!

cynthia disse...

é...
as vezes acho que peco por falar demais, mas quando leio algo assim acho que estou certa.
beijinhos

Aninha disse...

e a vida segue seu rumo...
GREAT!
bjos

pam disse...

Eu sou chorona e me emocionei com este texto. Ainda por cima que estou na TPM. Fico mole demais.

Mas este texto está ótimo. Relata o que muitas gurias já passaram, ou ainda vão passar. É algo que 90% das mulheres passam. Ô se é.

Momoberry disse...

Breninha
que post eim...
Sabia que aconteceu comigo algo parecido, e que nunca consegui esquecer completamente ele. Hoje eu não quero mas nada com ele, se ele aparecesse lindo, maravilhoso, rico e alto com um par de alianças na mão eu diria "NÃO!!!"
O nosso tempo passou...
mas escrevi muito sobre ele no meu blog
e acabei esquecendo
acabou que eu me vi apaixonada e amando de verdade outra pessoa.
e se o destino os separam, talvez n seja o tempo que passou, mas talvez que ainda n tenha chegado o tempo de vocês
beijos e um ótimo feriado

p.s o nome da musica do kid abelha que vc falou é a "peito aberto"

vaaaaaaaaaaaaaarrrrr disse...

Brena, nem tenho como descrever o que senti lendo seu texto....
Só sei que me da medo...e medo nao coisa de gente fraca...é coisa de gente que sabe o que pode
acontecer e quer evitar.....que preve, presente.....
Só sei que tenho medo de viver o que vc relatou com tanto sentimento....
Dói demais......A gente so sabe que ama qdo comça a doer.....
E dói tudo, tudo mesmo......aff...to falando nada com nada....
se cuida brena, depois passa la no meu blog....
bju....

Além do ponto disse...

sim,amiga,diga tudo.sempre.
pode doer? sim,pode.
vai passar?sim,vai.
a palavra não dita fica atravessada na garganta,não faz bem.
eu falo tudo,não jogo.é tudo tão rápido e tudo acontece sei lá porque..que fico pensando que tenh oque viver logo,tudo,intensamente..e faalr...falar...e sentir.

disse...

Nossa, que texto!
A vida é cheia de encontros e desencontros, os encontros às vezes passam despercebidos ou com naturalidade mas os desencontros, esses doem demais.
Beijos pra vc

nancy moises disse...

Ola Brena, somos conterraneas, passando pra dar uma espiadinha em seu blog e oferecer a vc o award estação do Lua em poemas com muito carinho.Adorei seu blog apesar de achar um pouco triste o seu post,aqui neste mundo virtual nunca sabemos o q lemos é real ou n, mas se for real tdo isso procure tirar o melhor de tdo isso, NUNCA DEVEMOS DEIXAR PRA AMANHA O Q PODEMOS FAZER HJ\( antigo mas funciona), concorda...
Bjs e um bom domingo

Pensamentos disse...

Fantasia ou não
A gente deixa as coisas passarem mesmo !
Aprendi que o que sinto deve ser dito hoje
O Amanhça é muito muito longe..

Bjs

Laura Pantaleao disse...

que é isso hein colega! nada segura a sua pena (ou melhor, o seu teclado)...
bjs

Nelson Magela disse...

Uau! Que história. Na medida. Segue a vida ... mas nunca é tarde ... nunca!

Beijos e ótima semana para vc.

Déborah Tolentino disse...

A vida passa rápido mesmo e às vezes perdemos coisas e pessoas maravilhosas por medo de falar o que nosso coração sente. É dificil ser transparente. Pode machucar o outro ou ferir a gente. Mas a falta dessa trasparencia é muito pior. Falta verdade no mundo de hoje. Falta gente sincera, que sente e demostra... Você é uma delas, Dórote!
Por isso, dórote!!! rsss
bjoks e volta logo!

Rebeca disse...

quem nunca passou por isso q atire a primeira pedra.
infelizmente a vida é feita de perdas e ganhos, e simplesmente temos que encarar isso!
belo texto (como sempre)!
beijos e boa semana

Anônimo disse...

Ai The... Puta que pariu! É foda...
Vc ta acompanhando o meu sofrimento também, né? Mas eu estou tendo mais uma chance. Tomare que não bote tudo a perder por ignorância...
Te amo!

Luiza Voll disse...

Uau! Que desabafo! Quase chorei também, por essa história que eu nem conheço. Mas o que ficou foi válido, tenho certeza que não acontecerá denovo né? Sobre os sinais Brenda, sempre teimo em acreditar neles e poucas vezes me decepciono. Na verdade acho uma delícia acreditar nisso tudo. A vida fica muito mais mágica. Beijo.

Rodrigo "Kiko" Torres disse...

Como podemos culpar o destino por nossa falta de coragem. Coitado, as vezes ele é realmente um tirano que brinca com as eventualidades da nossa vida, mas nesse caso, somente VOCÊ era senhora do destino (putzz).
Brenuska maluska, vê se não repete a cagada, senão te passo outro pito.
Deixo uma citação escatológica para você:
"Bosta é igual arco e flecha, depois que sai não tem volta."

Anônimo disse...

A nossa história não termina agora...

vaaaaaaaaaaaaaarrrrr disse...

OI BRENAAA QUE BOM VER UM COMENTARIO SEU NO MEU BLOG SABIA...FIQUEI FELIZ...
ACABEI DE POSTAR UM OUTRO TEXTINHO LA....VOU TENTAR MANTER O COSTUME
DE ESCREVER SEMPRE...E VOU SEMPRE VISITAR VC E A DÉ TBM....
AHHH O TEXTO QUE VC FALOUUU EU AMEEEEEEEEEEEI....DISSE TUDO
E MAIS UM POUCO....

ABRAÇÃO COM CARINHO

ALDO

Daniela Mann disse...

Que post sentido... Amei!
Obrigada pelo carinho deixado no amar-ela na minha ausencia.
Beijinhos da Dani

Booperfly disse...

É isso aí, assim que se fala...
Bjinho

Feio disse...

muito bonito isso...
eu não deixo mais as palavras pro dia seguinte
vc parece ser uma mocinha apaixonante... beijocas

Feio disse...

muito bonito isso...
eu não deixo mais as palavras pro dia seguinte
vc parece ser uma mocinha apaixonante... beijocas

Lilian disse...

nossa... qnt sentimento!!
adorei!!!!!1
lindo lindo lindo....
vc arrasa mulher!!!
bjão

roberta vasconcelos disse...

Já faz um tempo que venho vistando seu blog, mas nunca tive a delicadeza de escrever pra você para parabenizá-la pelos textos. São todos muito bons, mas esse, em especial, me tocou profundamente, já passei por quase tudo isso que você escreveu e chorei ao ler seu texto!

Parabéns. beijo no corção!

julia disse...

Muito bom o seu texto. Chorei, como você, quando cheguei ao final. Realmente deixamos muitas coisas passarem na nossa vida, esquecemos de viver.. e só nos damos conta depois que o nosso tempo, simplesmente, passou.

...Danizita... disse...

Nossa...!!!

Profundo o texto... Realmente é o que estou sentindo no momento do namoro novo... Espero que a minha dê certo e não aconteça de passar as oportunidades...

Bjs

XandeLima disse...

É lógico que está do meu agrado... fico grato, espero que goste dos textos e passe por lá de vez em quando.

Abraços.

nancy moises disse...

Adoreiiiiiiiiii linda conterranea rsrsrs
Oba agora ficou mais facil a gente se v~e ne?E o show me conte como foi?
bjs e um otimo final de semana.

Canelas disse...

Desculpe por ter dito tão tarde que te amo, me perdoe... mas ti amo pra sempre !!!!

Daniela Mann disse...

Às vezes só valorizamos as coisas quando as perdemos, mas depois já é tarde! Mas a vida segue em frente!
Beijinhos Brena

B R E N A disse...

huahauhauahauhau
Canelas, praga! uahauhau
:*

Helena disse...

porra, posso te xingar? vai a merda! to chorando que nem uma criança por causa desse seu maldito texto!
ADOREI
beijão!!

halma guerreira disse...

olá menina,visitando o seu blog,muito lindo parabéns,convido vc para conhecer o blog do alma guerreira e o site mundo do alma guerreira,e vou deixar a vc caso aceite o selo qualidade e o selo top classeA,e claro junto com uma rosa com carinho pra vc,pegue em meu site,bjos menina.
blog-http://almaguerreira.zip.net/
site-http://almaguerreira.50webs.com/

júlia disse...

OI Brena,a gente não põe o nome exatamente para não trazer muitos problemas, se é que você me entende..
Beijos!

nancy moises disse...

Eiii mas não me contou no show de quem ne?
Seguinte queria mto ter sua foto junto com a de meus amigos vc me permite?
Bom se concordar me manda por email esta sua foto mas maior entende?
bjs e boa semana.
n.moises@uol.com.br

Joca disse...

Bj

Joca

Fernanda disse...

Nossa!
Vc não me conhece, cheguei no seu blog por acaso e amei seus textos, em especial este. Vc escreve para as almas, e a minha ficou muito mexida com o que li.
Um abraço!

RC disse...

Pára tudo. Vc é vidente ou já contei essa história para vc por telepatia?
Tu arrazou e eu estou arrazada em constatar o quanto suas palavras são verdadeiras.

Renata disse...

Realmente vc falou tudo no texto! Passei exatamente pela mesma coisa, sempre fui transparente ao máximo, AMEI e AMO mas nosso tempo passou e meu amor só percebeu depois que passou... Agora é tarde! Estou hiper triste pois não idealizava esse término. O erro foi meu, fiz planos, criei expectativas, prometi para mim que seria eterno mas nada foi possível e na melhor fase de meu relacionamento em um maldito 9 de janeiro fui jogado um balde de água fria onde tudo que idealizei foi se desmoronando, se acabando... Se sou feliz? Não! Sinto que vamos esta juntos de novo podendo passar algum tempo mas voltaremos sim! Estamos em uma nova fase de nossas vidas! eu sempre compartilhei tudo deixando de não ser mais Renata passando a ser uma pessoa única, afinal dois corações quando se amam passam a ser único! porem não tive isso em troca pois meu namorado era egocêntrico ao ponto de pensar apenas nele me deixando sempre em segundo plano. Se mudei? Mudanças ocorreram sim mas sei que o dia que nossos corações forem unidos de novo vamos ter um relacionamento mais certo, sadio e gostoso que nunca, pois mesmo com esse término, mesmo eu sofrendo muito durante nosso tempo de namoro sempre tentei entender o comportamento dele fazendo que meu amor continuasse crescendo a cada dia e por motivo dele não saber se expressar(pelo menos é o que ele diz)ele escondia os sentimentos e eu não tinha um retorno. Namoros é como uma compra, vc compra um produto, investe com a intenção de ter algo em troca mas quando vc ve que isso não esta ocorrendo, vc vai desistindo, perdendo as forças até não utilizar mais! HJ 02 de junho choro tb no momento em que escrevo isso mas é apenas mais um choro, mais uma lagrima derramada afinal esses momentos foram muitos e apenas se repete em minha vida! Acredito sim no amor, mas não que podemos amar mais de uma vez! AMEI e AMO e não quero jogar minha vez de amar fora pois essa oportunidade só terei uma vez e não vou deixar passar. o momento que tiver que voltar, vai voltar e será TUDO diferente afinal se voltarmos a ser como antes irá acabar... AMEI esse texto e saiba que ele me fez mega bem pois depois de um bom tempo tive coragem de encarar a dor, abrir o baú e encarar o problema, a realidade. Quero que esta fase passe logo, pode demorar meses ou até anos mas quero que acabe e que eu possa ser mais feliz do que antes dessa pausa que tivemos. Um grande bju amei o texto!

margacianca disse...

Fala mulher de fibraaaaa!!!!! adorei....e realmente me serviu de lição.....a pior coisa é não falarmos de nossos sentimentos!!!!!
Beijooooooooo

Carolina Braga disse...

Aiiiiiiiiiiiiiiiiiin
Sem palavras!
Muda de emoção, comoção... tudo junto.

O que eu teria a dizer a respeito não caberia nesse espaço, ao passo que nem uma palavra que preste me vem a cabeça no momento.

Você tem O dom de me calar.

Abraço!