12 dezembro 2006

SOCO NO ESTÔMAGO E BOLSA NA CARA

“A gente é muito igual”. E com essa frase, você ganhou a noite. Seu ficante acabava de constatar aquilo que você já sabia há sete meses. Sete meses. Exatamente. Você é tão boa de memória quanto ele (pras coisas que você quer, óbvio). Você acha lindo que ele se lembra dos mínimos detalhes de tudo que você fala. Você acha lindo que ele está malhando e ficando fortinho. Você acha lindo que ele vem te beijar no começo da noite. Você acha lindo que ele te leva pra interagir com os amigos dele. Você acha lindo que ele te apresenta pras amigas barangas e te beija na frente delas. Você acha lindo que ele desfila pela festa de mãos dadas com você.

Vocês são realmente muito iguais. Vocês gostam das mesmas baladas. Vocês têm 500 amigos em comum. Vocês trabalham com pessoas que se relacionam. Suas vidas se cruzam o tempo todo. Lindo. Fora dizer que ele é um fofo com você. Ele se oferece pra ir com você ao hospital no dia que você está quase morrendo. Ele liga pra saber se você melhorou. Ele te abraça enquanto dorme. Ele faz carinho no seu cabelo no meio da festa. Ah, sem dizer também da química perfeita. Deve ser por isso, inclusive, que vocês não conseguem se encontrar sem se beijarem. Os corpos automaticamente colam um no outro. Você beija o cidadão e a temperatura do seu corpo sobe em cinco segundos. Lindo. Você é realmente igual a ele. Como ele chegou a essa conclusão só hoje???

Ele nunca foi santo e você sempre soube disso. Mas você confia nele. Você acredita que ele te respeita. No dia em que vocês discutiram, ele te disse, olhando nos seus olhos, que uma coisa ele sempre teria por você: respeito. E você acreditou. Por aquele instante e por todos os outros. Assim como você acreditou que ele ia dar uma volta na festa e voltaria pra encontrar com você novamente. Tudo bem. Você já acreditou em Papai Noel um dia e acreditar numa pessoa tão bacana não seria tarefa das mais difíceis (A Xuxa acredita em duendes!!!). E você, assim como nos outros sete meses passados, acreditou no cidadão.

Você dança. Você se diverte. Você não entende porque tanto tempo se passou e nada de ele aparecer. Você continua dançando. Mas seu sexto sentido é uma praga que não deveria existir. Você tenta ignorá-lo assim como tenta ignorar o fato de que tanto tempo se passou e nada do cidadão. Até que seu sexto sentido te leva e te coloca de cara com os fatos. E você duvida do que seus olhos estão vendo. Você acreditou tanto no cidadão que acha que seus olhos é que estão mentindo. E toda aquela cena era muito improvável mesmo. O cidadão beijando uma menina. A mesma menina pra quem ele te apresentou uma hora atrás e te deu um beijo na frente dela. Claro, se ele tivesse 16 ou 17 anos, você até acreditaria no que estava vendo. Mas não é esse o caso. Estamos falando de adultos aqui. E você pára diante da cena esperando o momento em que ele vai olhar pra frente e te ver. Espera essa que durou pouco mais de 10 segundos. E você, sem pensar meia vez, acerta a bolsa na cara dele com toda a força que seus 14 anos de academia lhe deram. E sai.

Ele não precisava explicar nada. Não tinha o que explicar. Estava ali. Diante dos seus olhos: os fatos. Como bom advogado, o cidadão deve saber: contra fatos, não há argumentos. Não mesmo. Sua amiga, sem entender nada, assiste à cena, perplexa. Assim como todo o resto da festa que conseguiu presenciar os três segundos de barraco. E, se aquela menina que ele estava beijando não tem um pingo de amor próprio e vergonha na cara, você tem de sobra. E você volta a se divertir (???) na festa, enquanto o novo casal desfila, de mãos dadas, embalados por música alta, muita bebida e comprimidos ilícitos.

Você deixa a festa de cabeça erguida. A cena da bolsa na cara não foi bonita, não. Mas foi infinitamente mais digna. Uma atitude muito mais homem do que a dele. Você sai de mãos limpas e consciência tranqüila. Porque você não enganou ninguém. A dor de levar uma bolsa de 10cm na cara passa em 10 segundos. A sua decepção, a sua mágoa e outros sentimentos que você não sabe nem o nome, vão durar ainda um bom tempo. Mas, depois de tomar esse soco no estômago, você consegue enxergar que vocês dois são, na verdade, muito diferentes. Você jamais teria uma atitude tão pequena como a dele. Você jamais machucaria alguém assim, DE GRAÇA, como ele fez com você. Você tem o mínimo de escrúpulos e de RESPEITO pelas pessoas. E você nunca precisou falar isso olhando nos olhos de ninguém. Certas coisas estão implícitas.

............:::::::::::::::::............

P.S.: Gostaria de registrar aqui que sou totalmente contra barracos. Mas ainda pior que barraco é gente que faz papel de moleque quando você espera dele atitude de homem.

52 comentários:

Daniel disse...

Breninha, de boa... q q cê tava fazendo com esse cara??? Não! Que mané! Me nego a dizer que um cara desses seja da mesma RAÇA que eu.
É, Dona Brena... estamos precisando ter um papo sério!

Cris disse...

Pô, Brena, que saco, bem que você me falou hoje lá no meu canto!Imagino que o post anterior tenha sido pra ele, não?? Os sedutores não suportam quando são amados... Acaba a brincadeira do gostar, do adorar.Bola pra frente, garota , o mundo não acaba mesmo ( só um pouquinho por uns tempos).Agradeça aos céus por vc ter visto a cena...Carregar esta mala até quando? Bj!

B R E N A disse...

Sobre o texto anterior (VOCÊ), ainda não posso revelar...

gissa disse...

Amiga,
Perplexa estou eu!
Ninguém merece tal situação!
Nosso sexto sentido talves seja nosso melhor amigo.. Eu já tive prova disso, e vc estava presente comigo no dia!
Antes tarde do q nunca... Segues!
A dor da perda quando percebemos q a outra pessoa realmente gostava da gente e não deu na hora q deveria dar é muito pior q um soco no estômago. Agora o estômago está dolorido... mas, depois a consciência desse cidadão vai estar latejando, pra sempre, mesmo q seja no fundinho!

Bjusss!
Estamos ai com os nossos sextos sentigos aguçados! Fazer oq né?!
Fica com Deus!

Juliana Marchioretto disse...

é verdade, sexto sentido de mulher é foda. e eu tb não sou mto a favor de barraco, mas sou menos a favor ainda de engolir sapo. faz um mal danado!

boa sorte, flor!
arranja um melhor!

beijos

cilene disse...

vou dizer o que? vcs podem voltar..e que ficaria numa situacao ruim se chamasse o cara de canalha...

Dani Morreale disse...

Conta aí!!!!!!!!!!

Afinal, tudo a gente inventa, pra se distrair.

Helena Oliveira disse...

Esse texto foi mulher.Sim, muito mulher.
Esse texto foi digno de um barraco clássico de toda mulher bem resolvida.

E eu, mais uma vez, ameeeeei!
E adorei ainda mais vc em cima do salto passando por cima dele.
Literalmente!
(pisou no coração do cara de salto alto dessa vez hein?)
Arrazou!

:)
Suuuper!

Roberta Vasconcelos disse...

Não sou a favor de barraco também não, mas o cidadão passou dos limites. Sem noção! A pura falta de respeito e consideração. Eu teria tido a mesma atitude e ia dar é com a mão na cara dele pra estalar e ficar ardendo.

Deve ter sido bastante difícil pra vc ver a tal cena, mas bola pra frente, menina. Você é linda e não merece passar por isso! Esse é o problema de se entregar que nós arianas temos, e é por isso que fechei pra balanço por enquanto.

Beijos, fica com Deus e melhor sorte com o próximo da fila!

Lindinha disse...

Concordo em gênero, número e grau!
Estou passando aqui para desejar uma semana linda e um ótimo final de semana. Sei que estou adiantada, mas só voltarei a postar na segunda que vem.
Falando em post, queres dar umas boas risadas? Passa lá em casa! O bom velhinho está respondendo os pedidos de algumas crianças. Hilário!!
Beijo no coração...

“Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz.”

Fernanda disse...

Ah, barraco é muito mais que gritos, tapas e bolsas na cara. Ao menos quem faz isso se escancara e é honesto. Barraco grave mesmo, arma quem age na surdina porque não tem coragem o bastante p/ deixar que os outros vejam suas fraquezas.
Beijos, Brena!

Roy Frenkiel disse...

Se acreditas em Papai Noel, acreditas em homens ;-)

Cris disse...

Esse ultimo comentário tem quer ser colocado no teto do nosso quarto, sobre a cama, Brenita...

Rebeca disse...

essa merecia não sí um ablsada na cara...e infelizmente as pessoas não são o que demonstram ser!
beijos moça....e como sempre...eu vejo um filme quando leio seus textos...amo!

Lulu disse...

olha, Brena. Não tenho palavras. Perplexa. Citarei a grande máxima de Dom, e faça o favor de me amarrotar que eu estou passada. Gente. Não. Não dá. Vc é corajosa, e não só pela bolsada. Parabéns. Acho que eu não teria condições de verbalizar tudo isso, escrever e colocar no blog. Ele lê seu blog? De qualquer forma, parabéns. Vc é foda. Essa vai ficar registrada no meu íntimo, pra quando eu levar um bolo idiota como o que eu acabei de levar, eu ativar esse episódio não como consolo, mas como prova de que os homens podem ser muito piores do que já são. Beijos
p.s. expliquei melhor o episódio dos 90 graus, tá? ;-)

Srta. Oliva disse...

Olha...eu tbm sou contra qq tipo de barraco. Mas certas coisas são mais fortes que a gnt né?! O seu PS é perfeito. Atitude de moleque não dá. Achei mto bem feito.
Bolsada foi é pouco. Deveria era ter tomado tequila na cara e uns tapas tbm.

Nossa...vc descreveu a cena tão bem que eu fiquei com certa raiva deste indivíduo.

Se vc treinasse boxe seria perfeito!
=)

Bjos.

Deco disse...

Bom Franjinha, você foi lá e fez. Mostrou que é de carne e osso, que tem coração e atitude. Para o mundo inteiro pode parecer um barraco, para os habitantes da festa, com certeza. Mas para mim, isso é o que importa, sua atitude valeu a cena do capítulo número 7 dessa sua "novela" com esse... sei-lá-o-quê. Vocês não eram iguais. Se fossem, não seriam ficantes.

Tenho certeza que doeu, que está doendo ainda, decepções sempre machucam. Mas tenho certeza também de que você é uma mulher especial, que vai levantar a cabeça, que vai se olhar no espelho e concluir: Quem perdeu foi ele!

Bjo pra você!

Marco Aurélio disse...

Brena

Você já notou que não sou muito de fazer postagens sobre o amor e relacionamentos mas as três últimas foram sobre isso. se quiser ver!

Bjs

Helena disse...

Vou ter que vomitar um chichezão agora: Homem é tudo igual...Em qualquer canto do mundo. Incrível!
Beijo menina!!

Canutinho disse...

Pois é... terminou muito bem esse texto, barraco é foda, mas quando esperamos uma atitude que não vêm, a melhor coisa é tomarmos essa atitude nós mesmas...
Homem é tudo igual, MESMO...
Melhor um soco no estômago agora, antes de compromisso sério e toda aquela lenga lenga do "eu te amo pra sempre"...

Melhoras e boa sorte com os caras daqui pra frente!!

Becitos

Paula disse...

Eu não acredito!! Puta que pariu! Que cara sem caráter! Odeio ele! Homens são todos iguais!!!
:/
Beijos e se cuida!

RAQUEL disse...

Brenaaa

que bom que vc (talvez somente na imaginação) descontou sua raiva!

Há quem diga que ele aparecer com outra nao tem nada demais, mas a raiva que sentimos é das mariores!

Um bom remedio: APAREÇA C/ OUTRO!Mas só depois de superar, caso contrario, a gente se machuca do mesmo jeito!

bjuuus

Aninha disse...

( Vou escrever meu comentário em caixa alta pra ter bastante destaque)
Ei-lo:

- A BOLSA TINHA QUE SER MAIOR!!!!!!


KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!
E COMO TE DISSE, CHUTINHO NO TORNOZELO IA LHE CAIR BEM...NO MÍNIMO 20 DIAS DE CAMA...LIKE ME.

mas valeu, só não me conformo com o TAMANHO DA BOLSA!!!!!!!!!!!

beijo fofs!

JANE disse...

Concordo com a Aninha aí em cima.
A BOLSA TINHA QUE SER MAIOR!!!

andréia castro disse...

Q canalha!!!Ele mereceu a bolsa na cara,apesar de não saber se faria o msm,sei lá...
E outra coisa,li de algumas pessoas aí,q homem é td igual...NÃO É NÃO!!!
Um exemplo: meu irmão...Faz de td pela namorada dele,e ainda é fiel!!
bjos e se cuida Brena

Sam Pinotti disse...

Não sei o que teria feito se fosse comigo...Ficaria certamente muito chateada e não teria a sua coragem pra dar uma bolsada na cara (deve ter sido engraçado)Mas como eu queria...
Ja me aconteceram coisas parecidas e eu nunca tive uma atitude mais corajosa do que sumir da vida dessas pessoas....
Mas, fizeste bem...Pena que a bolsa era tão pequena!
E a cabeça das pessoas tbm seja, tãoooo pequena!
Beijos Linda! :)

P.C. disse...

sarada, me desculpe, mas o pior papel fez você. Não digo o da bolsa mas o de ficar sete meses com um babaca desses. C num me quer, ta dando mole. Como vc diz: fala sériooooooooooooooooooooo!

Rodrigo Borges disse...

Eu queria muito deixar um comentário depois de uma história indecente destas e de um texto tão bem escrito. Mas me faltam as palavras.

rafa!! disse...

Seus textos são perfeitos!
Parabens!
e olha fez mt beeem viu!
Vc vale mais ;)
Boa sorte!
bjao

Walter Carrilho disse...

Por isso eu digo às mulheres: levem sempre uma bigortna na bolsa. Nunca se sabe quando vai precisar dar uma bolsada...

lipeburger disse...

ahh eu acho que descer a faxineira as vezes é super necessário. Uma amiga minha já deu uma bolsada em um carinha uma vez. Há quem diga que o sujeito ficou com o emblema da Lui Vuitton estampado na cara e tudo! Bolsada de classe essa!Bre, nunca é tarde pra se conhecer o real caráter de alguém!

Luiza Lisboa disse...

Peraí, esse cidadão lê seu blog? Lê seus comentários? Ele existe?
Então aí vai:
Cidadão, vc é mesmo um idiota né?
Vc merecia que tivesse chumbo dentro daquela bolsa.
Tadinho, vai se tratar seu burro!
Pronto!
Quem é esse gente? Que ódio!
Vc não se livrou de um homem amiga, se livrou de um monstro!

Vou te dar uma notícia boa! Tava vendo as comunidades de umas amigas minhas, elas fazem parte da sua! Eu nem sabia, nem convidei, nem sabia que elas liam seu blog!
Achei muito legal, elas adoram as coisas que vc escreve!
Bjoooooooo!

david santos disse...

Brena! Soco no estômago!!? Calma!
Bom fim-de-semana para ti e te deixo com "A MULHER; MULHER LATINA!"
Obrigada e até sempre.

luma disse...

Isso aconteceu de verdade?
Brena, não gostaria de estar na sua pele. Mas faria o mesmo! Daria bolsada nela também. Os dois se merecem!

Bom fim de semana! Beijus

marcia disse...

Gostei da atitude. Vc nao desceu do salto em momento algum. Acho que a garota que continuou com ele que se mostrou uma perfeita idiota, sem o menos respeito por si mesma, e com quem ele ira fazer a mesma coisa.

Déborah Tolentino disse...

dorote!!!! comprei uma micro lembrancinha pra vc ontem.... vc vai adorar... nao tive tempo de ler seu texto, mas vim dar um oi!!!
bjusssss

Canelas disse...

por issu q sou a favor do porte de arma.. hhuhuh numa dessa num ia ter bolsada... soh um um hEADSHOT.. HUHUH
vc... comedia lora... bjussss

Paulytas disse...

Amiga, mudei de blog, tá?
Beijos

rafa disse...

oiee
to passando a msm situaçãoo!
se vc quise me add no msn,pra gnt cnversa,to precisando tb!
rafalindinha291@hotmail.com

vlw
parabenss
bjao

nancy moises disse...

Eiii conterrânea trago flores p/ vc do mais marcante dos perfumes, da cor mais linda de seus sonhos,e que expresse a mais singela mas sincera gratidão dos humanos.
Um gde abraço e um feliz Natal com um Ano repleto de flores e alegria.
Ofereço a vc o selo natalino do Lua em poemas.
bjs

Elaine disse...

Breeena... Nossa, Minha cara de novo essa situação... A 2 semanas atras eu estava nas nuvens!!! Agooora, meu deus!!! Mas sei que vai passar... Achei que tinha achada minha batida perfeita, ele tinha virado parametro de comparação a todos ou outros, agora encontro ele em todas as festas e fico com minha semi-felicidade fingida, vendo ele ser feliz com uma loira perfeita... Mas já to sarando GRAÇAS A DEUS e aos meu amigos que estão sempre do meu lado =]

Menina, amo seus textos!!
Parabens...

Lindinha disse...

Correria de Natal, final de ano e dias que antecedem as férias, pouco tempo para visitar todos os amigos e pra atualizar o Decifra-me também. Semana passada, postei uma vez só. Coisa feia, né?
Mas hoje saí da toca e reservei um momento para passar aqui, deixar meus votos de uma linda semana e avisar que tem texto novo lá em casa. Vem?
Beijo no coração...

“Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz.”

Helena Oliveira disse...

Já li esse texto 5 vezes.Muito encantada! hahaha.

Sarah disse...

Genti do céu! oq q eu perdi?!
o0

Nilo Ras disse...

Ola Brenaa!!

Desulcpa sumiço ms a loja est bombando garças a DEus e ta me diexando sem tempo rpa ficr vagando na net!!
Mas vc é ainda meu livro preferido e que capítulo louco.. realmenet no limite! Se der leia meu perfil e no Final dele tem uam frase fortíssim tom osempre rpa minah vida! de uam musica minha!

Leiaa!
se quiser depois te mando a musica!

fica na apz pequenaa

Fia tranquila que sua felicidade vai chegar tá/?

fica na pazz

XandeLima disse...

Isso não é barraco não. Trata-se apenas de um fenômeno de auto-controle da natureza. Certas coisas não podem passar ilesas ou haveria um desarranjo na energia do universo...

Assim uma boa pancada recoloca as coisas do trilho certo, nem que seja na nossa cabeça.

O texto é excelente.
Bjs.

Sueli disse...

Brena, gostei! Gostei mesmo do seu barraco, viu? Bom seria se ele fosse o único que fizesse isso, mas parece que estamos caminhando para a baderna sentimental. Está cada vez mais difícil conhecer as pessoas. Mas, pelo menos, ele é um cafajeste assumido. Têm aqueles que não assumem... Beijo grande, querida! Já voltei no Momentos ...

O Mimeógrafo Pisca-Pisca disse...

Brenuska Quebra-Barraco,
Só não vou te chamar de barraqueira porquê você mora em Lourdes... kkkk
Brincadeiras a parte, sua atitude foi muito natural. Apesar da minha pequena porção de lucidez me dizer que "a melhor vingança é a indiferença" nunca consegui ser tão manso. Para os que dizem que isso é baixaria e que "o que vem de baixo não os atinge", digo "Então senta num formigueiro!" (pra não dizer "no meu p...")
Meu conselho???? Continue malhando e da próxima vez dê de mão fechada na ponta do queixo... nocaute certo!

Quanto a sua dúvida sobre quem é a Bruna, não compreendo como vc frequenta o mimeógrafo a tanto tempo e nunca percebeu o intuito do blog...
Ele está sendo escrito na esperança de mostrar pra minha filha BRUNA de 14 anos (e que eu conheci só no ano passado) um pouco da personalidade deste pai de imposta ausência.
Beijones
Kiko

Anônimo disse...

CARALHO!

Bebel disse...

É isso aí..bolsa na cara deles, Brena!!!!

Clarissa Corrêa disse...

Brena,
eu morri de rir, queria ter visto a cara do infeliz. situação foda, mas nem todo mundo é decente, infelizmente.
certas pessoas não são possuidoras de valores, educação e respeito vem de berço...é q nem beleza. tem gente q ñ tem, ñ tem jeito ñ!

mas relax...o q é dele tá super guardado, neguinha. tudo q vai, volta.

adorei a bolsada! tuuuuuuuda.

beijos, feliz 2007!

Carolina Braga disse...

'E você nunca precisou falar isso olhando nos olhos de ninguém. Certas coisas estão implícitas.'
PQP! Disse TUDO!

Ah, e concordo inteiramente com o PS! :P

Besos!