05 dezembro 2006

VOCÊ

Você virou parâmetro de comparação. Você virou o cara com quem eu comparo todos os outros. Com quem eu gostaria que todos se parecessem. Eu só olho pros outros caras procurando um cabelo tão lindo quanto o seu. Umas costas tão fortes quanto as suas. Um sorriso tão sincero nos olhos. Mas ninguém conseguiu essa façanha. Ninguém tem a sua boca fofa, a sua pele macia, o seu abraço quente. Ninguém é você e ninguém me basta tanto quanto você. Ninguém tem o seu jeito de me olhar. De falar meu nome. Ninguém tem esse cheiro. Ninguém me faz rir como você. Ninguém nunca me viu chorar com a alma tão aberta, com a cara tão pálida e o coração tão pequeno. Não consigo ser tão eu como quando estou com você. Você me conhece sem maquiagem, sem pudores, sem grana e até sem unha (lembra quando prendi o dedo no aparelho da academia e ela caiu?). Você conhece meu melhor e agüenta o meu pior. Você é tão eu que eu penso que é meu.

Depois de você, os outros são os outros e só. Eu cito Kid Abelha. Aprendo a dançar forró (aprendo a dançar qualquer coisa, na verdade). Eu viro morena. Eu passo a noite em claro. Você vale qualquer mudança de planos. Você merece que eu tire férias só pra dormir e acordar do seu lado. Pra te ter suado. Você me leva pra Lua, ida e volta em cinco segundos. Você me tira do ar, me deixa no chão. E você é essa pessoa do bem. Esse coração enorme. Pra quem eu nunca conseguiria mentir porque você lê meus pensamentos no fundo dos meus olhos.

Você é o que faz tudo valer a pena. Você compensa qualquer esforço. Você vale o risco. Você me apetece. Me desafia. Me faz ir atrás. Ir além. Ir mais longe e querer mais. Você me apaixona. Me arranca pedaços. Me deixa de boca aberta. De coração na mão. Você é o que me faz levantar da cama de manhã cedo. Você é que me faz precisar de mais 36 horas no meu dia. Você me devolve a vontade de viver quando eu penso que tudo acabou. Você me tira de casa de madrugada. Você faz meu coração bater mais forte. Você me faz querer viver pra sempre. Você é o que me move.

E agora eu quero patentear isso. Quero meus direitos autorais. Dá pra fazer várias cópias de você e espalhar pela cidade pra toda hora que eu precisar? Dá pra parar de mexer no seu computador pra eu ficar só te olhando? Dá pra ficar mais tempo me explicando qualquer coisa em que eu não vá prestar atenção porque sua boca se mexe tão suave que eu tenho vontade de mexer meu corpo inteiro junto com ela? Dá pra me olhar por mais um segundo (ou dois, se eu sobreviver ao primeiro)? Dá pra parar de ser tão tudo de bom pra eu conseguir achar graça em mais alguém? Dá pra ser só meu pra sempre?

Dá pra mandar eu parar de escrever sobre você porque eu to ficando muito clichê?

51 comentários:

[gus] disse...

uai, achou ja?

*@nny* disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
*@nny* disse...

lindoooo.....
estou a procura..alguem conhece um?hehe..

Sidarta disse...

O q esse cara tá esperando?

Abraços,

Tiago disse...

opa. beleza, brena braz? vc já falou tudo isso pra ele? ele sabe ler?

Juliana Marchioretto disse...

ai, Brena! Tõ até sem palavras! coisa linda, linda.... um amor desses merece ser vivido até o talo!!

beijos

Luiza Lisboa disse...

Quem é o sortudo responsável por esse texto perfeito? Ele existe mesmo? Adorei a parte que vc escreve que vai aprender a dançar forró! Uhuuuu!!! Hahahahaha...
Bjim!

gissa disse...

Quanta inspiração?!
Amiga, to passando pra marcar presença e prestigiar esse seu lugarzinho q já tornou-se especial!
Tem q dá um jeito de publicar esses textos, merecem, são bacanas demais!!! Apesar deu ser suspeita pra falar, mas, reafirmo!
Bjusss!!!
Sucesso...

luma disse...

Brena, esse homem existe?? Porque se ele lhe faz sentir tanta coisa, não deixe que escape!! (rs*) Beijus

luma disse...

Fotinha ficou ótima!!

poemusicas disse...

Sorte a tua, aproveita-a. Tira proveito deste amor verdadeiro e mostra o teu, na mesma intensidade.
Vive porque esses momentos bons, enquanto estou escrevendo estão andando, como nuvem.

Um beijo

Naeno

ah. para esse momento:

Eu como o meu amor,
serei muito mais.
Eu serei a estrela
e ele brilhará.
Eu serei a nuvem
e ele choverá.

Eu como o meu amor,
seremos um.
E se um for nada
seremos nenhum.
E se de tristeza
eu precisar chorar,
são seus olhos meus,
que lhe vão molhar.

Naeno

Ana disse...

Nooooooooooooossaaaaaaaaaaa! Brenilda, que "textículo" foi esseeeeeeee! Tu tá inspirada, heim? Que mané clichê o quê!
Arrasou.
Bjs
Ana

Inez disse...

Existe maravilha maior do que amar...??? Sentimento lindo que nos faz acordar diariamente com o desejo continuo de recomeçar...espreguiçar e dar um belo de um sorriso...!!!!Acho que tem alguem amando aqui...nem que seja a própria vida em si...ADOREI...queria ser "clichê" assim...!!!rsrsrs...Beijos linda

*Lusinha* disse...

Ele é único... E não existe outro igual.
Bjitos!

Débora disse...

Máximu!!!Sem coments!!!Foi d+!!!

RAQUEL disse...

hmmmm

aquela porcaria de amor que marca a gente!!!

pior que o meu nem é a essa perfeição, tá mais para a pessoa que eu menos conheci... vc sabe!!

bjuuuus

júlia disse...

Brena, demais o texto!! Adorei.. me identifiquei bastante. Impressionante como existem pessoas que parecem que foram feitas para você, né? Mas por algum motivo, vocês não conseguem dá certo de forma alguma.. Ah! Irônico destino..
Beijos!

Helena Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Helena Oliveira disse...

Dá pra parar de fazer eu ficar viciada nisso aqui?Dá pra parar?
Ainda bem que não.

Mias uma vez: Brilhou!
:)

Bill disse...

ó.Ò

Karambola... o que se diz depois de um texto assim, senão... quanta paixão ^^

Que maravilha ^^

Beijo dona moça

:***

Elaine disse...

Meu deus Brena...

Como vc consegue hein???

Muuuito perfeito!!!

Sueli disse...

Já havia me encantado com o texto anterior, como disse em meu comentário, mas este aqui também é sensacional! Acho que gosto dos "clichês"... rs

Walter Carrilho disse...

Eu acho que a gente passa vida procurando por pessoas assim. É como restaurante: a gente visita vários, até que encontra "aquele", com um maitre legal, garçons bacanas, decoração 10, etc. A gente volta e todos os outros restaurantes tornam-se inferiores. Eu achei a minha pessoa incomparável. E ela cozinha muito bem, também. Tirei sorte grande...rsrs

Paula disse...

Oi Brena!!!
Como você escreve bem, menina! Adoro!!!
Esse texto é lindo! Apaixonado ao extremo! Estar apaixonada é ótimo... Eu vivo assim... Penso nele dia e noite e quando to com ele, o mundo pára, não existe mais ninguém... Ai, o amor...
Beijão!! E se tiver msn, me adiciona! paulytas@hotmail.com

Anônimo disse...

eita...

Mineiras, Uai! disse...

Como sempre, o texto ficou divino! Amei!Um beijo da Bela

Aninha disse...

Vamo que vamo...êta lelê!!!!!!!!!!!

Lindinha disse...

Muito lindo, mas acho jamais devemos deixar de ser nós mesmos para agradar outra pessoa.
Vim aqui te desejar um final de semana repleto de coisas boas. Saúde, amor e paz!
Atualizei o Decifra-me. Hoje o post é sobre mim, precisamente sobre a minha história. Passa lá pra conferir!
Beijo no coração...

“Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz.”

Anônimo disse...

vai escrever um livro menina!

Juliana Marchioretto disse...

Brena, te linkei lá no blogue, beleza?!

beijos

Fernanda disse...

Texto mais perfeito de todos!!! e o q mais me identifiquei!!! nossa...vc escreve bem d+++++, q isso!!!

Sueli disse...

Fiz questão de fazer propaganda deste seu maravilhoso blog, lá no meu. Com direito a copiar um trechinho de seu texto e tudo... Estou adorando cada coisa que leio. Não vou me cansar de lhe dar os parabéns! Beijocas ...

a superlativa disse...

ai, ai...
que clichê que nada...
tah lindo...
se bem que falar de amor e desejar feliz aniversário.... eh sempre clichê! rs sempre igual , mesmo qdo é diferente! ;)
bjo!

Mikas disse...

Hum é tão bom sentir assim... será que dá pra durar pa sempre?

Marco Aurélio disse...

Brena

Tenho muita saudade de uma pessoa que já foi assim comigo. Só que agora que ela me tem por completo está relaxando o modo de me tratar.
Se continuar assim...

Bjs

Cris disse...

Você merece esse cara, Brenita...Ele parece ser um hiper mercado! Tem tuudooo...Que bom poder falar assim de alguém....Bj

Wev's disse...

Já tentei achar ela nas outras...
Deu maior merda.....

Leila Porto disse...

Guria!!!!!!!!Como tu escreve!!!!!!!!!Seus textos são demais.Adoro todos.Vc está add nos meus favoritos.Procuro novos textos todos os dias.São de lavar a alma, o coração,a pele...Escreva sempre.Escreva muito Brena.Bjus

Sam Pinotti disse...

sera que todos os amores precisam não ser mais correspondidos pra serem amores?

Dani Morreale disse...

Xuxuuuuuuuuu, você me supreende com esse seu jeito de ser!!!

Viva sempre seu mundo, deixe todo seu sentimento expressado, assim você turbina o coração da gente ATÉ ONDE VAI!!!!

Beijos na alma.

obs:. Te adoroooooo flor.

Rebeca disse...

LINDO D+....
eu lendo e vinha um filme na cabeça....ainda bem que eu tbm tenho um desses!
amei o texto!
bjoO

Roberta Vasconcelos disse...

Ah Brenda ótimo texto mais uma vez. Queria estar sentindo a mesma coisa, mas no momento estou off para as coisas do coração! Valeu pela visita lá no blog mesmo não entendendo de futebol! Não que eu entenda, só sou muito apaixonada pelo Galo! Depois passa lá de novo, postei texto novo assim que você postou seu comentário.

Beijos

Daniel disse...

Breninha, você domina, meu bem!

Natália disse...

E vc tah esperando o q? Hein?

Beijos!

Sorte aí!

Cris disse...

Brenitaaaa!!!! Citei você no ultimo texto ( licença??) lol...;)

Marco Aurélio disse...

Brena

A pergunta é mais para mim do que para você:

Até onde vai o amor?

Bjs

Aninha disse...

pessoas andam em silêncio por terem muito o que falar...
Vai entender....................

líviaa! disse...

VC SCREVE MARAVILHOSAMENTE BEM!xD

Anônimo disse...

ADOREI SEUS TEXTOS, VC PODE ME DAR UMA AJUDINHA COM TRABALHOS ACADÊMICOS.
tscherlybrown@hotmail.com

Anônimo disse...

se tiver como mandar a cópia de um desse pra mim...
rsrsrs...
preciso de um amor q não seja descartável... e nem reciclável!
rsrsrs
lindo o texto! mais que perfeito!
bjos
tchal e bença!

Carolina Braga disse...

O amor é lindo.rs

Aiai...

Hasta!