14 março 2006

SOZINHA

Morar sozinha é um eterno exercício de conviver com a falta das coisas. Falta comida na geladeira, falta Veja Multiuso, falta Perfex e falta gelo no congelador. Faltam coisas que a gente, simplesmente, esquece de comprar. Só que, tem dias, como as tardes de domingo, que faltam muito mais coisas do que essas que a gente simplesmente esquece de comprar. Falta a conversa com a melhor amiga de infância que não está aqui mais, falta o colo da mãe, falta o pai instalando fios pela casa e consertando o DVD, falta a briga com o irmão mais novo, falta o conselho do irmão mais velho, falta o assovio estridente do Coração na varanda, falta a Quita e o Coração brigando e se bicando depois, falta o carinho do namorado (!!!), falta aquele filme tosco com edredom no sofá da sala.

Quem mora sozinha, às vezes, se sente a pessoa mais triste do mundo. Mas não é tristeza. É só saudade. Como já disse Martha Medeiros, “saudade é (...) não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche” e eu digo mais. É não saber o que fazer com as tardes de domingo que nunca terminam. As tardes de domingo, quando cada um está na sua casa, com sua família, com seu namorado e, você está na sua casa, com sua TV e seu DVD (pirata) da Grande Família.

Morar sozinha é nunca ter almoço em casa. Ninguém cozinha pra uma pessoa só. Guardar o resto da comida? Nem pensar. Duraria uma eternidade na geladeira. Quem mora sozinha não pode ter nunca a geladeira cheia. Tudo estraga. Experiente comprar um queijo Minas, por exemplo. E a penca de bananas? De cada doze, você come duas e o resto joga fora. Preta.

Morar sozinha é almoçar sábado e domingo no self-service. É ligar, às duas da tarde, para a amiga que está almoçando com os pais no Porcão, e para uma outra, que está com o namorado na pizzaria da esquina da sua casa. E você, comendo arroz integral no self-service. É ter que fazer supermercado no sábado à noite e dar aquela “ajeitada” na casa que está de cabeça pra baixo e você não faz a mínima idéia de quem bagunçou aquilo tudo! É levar a roupa pra lavanderia segunda-feira meia noite.

É voltar pra casa sozinha, chorando, depois de terem roubado o som do seu carro às duas da manhã num bairro que fica a quase meia hora da sua casa. Chorar sentada na beirada da cama, deitar e dormir. É acordar todo dia e ficar feliz porque seu passarinho faz festa pra você, porque ele vem correndo quando você chega do trabalho e quer ficar do seu lado.

Viver sozinha é aprender a dar valor às coisas simples da vida: o cheiro de quem a gente gosta, a conversa jogada fora, a crise de riso (por um motivo que nenhuma outra pessoa no mundo acharia graça), o abraço de quem não volta mais, a tarde na beira da piscina, os pés embolados debaixo do edredom, o socorro à 1h30 da manhã de terça-feira quando você não tinha forças nem pra se levantar. Morar sozinha é aprender a conviver com sua própria companhia e ter que gostar dela. Mesmo quando ela está triste nas tardes de domingo.

37 comentários:

Gissa disse...

Amiga,
Que desabafo foi esse???
Chores...
O pior de tudo e sentir de mãos e pés atados, impossibilidado de fazer algo pra mudar sua situação.. mas enquanto continuar exteriorizando seus pensamentos e sentimentos, é uma forma de refúgio.. mesmo de longe saberemos o que está se passando ai com vc..
Sinto a maior falta do mundo de vc por perto, todos os dias... sinto essa sua dor de estar ai, passando por isso tudo... mais tenho certeza que quando chegar ao fim dessa batalha, terás em mãos a sua vitória!!! Vc é merecedora de todos os êxitos!...
Não quero vê-la triste, mas enquando tiver, divido com vc suas lágrimas, para que amenize sua dor, pois sei que quando estou triste, posso também contar contigo.
Enfim, amiga, não deixe de postar... vc além de estar fazendo bem pra vc, vc tem nos enriquecido com sua sabedoria de se expressar tão bem...
Te adoro e estarei sempre com vc...
Fica com Deus!!!
Apesar do texto ser forte, há de se reconhecer que ele é verídico e precioso!!!
Bjsss....

Lucas Marge disse...

Brena, morar sozinho é ter tempo pra vc msm, é poder trocar o canal da TV qdo vc quiser pois ninguém vai lhe torrar a paciência, é poder levar quem vc quiser pro seu AP, pois ninguém vai chegar e atrapalhar. Morar sozinho é saber q tudo oque há na geladeira é seu, experimente comprar um pote de sorvete, sempre qdo quiser ele vai estar cheio. Morar sozinho é tomar banho e poder sair do banheiro TOTALMENTE a vontade e molhar a casa toda, daqui umas 2h vai secar msm!!! Morar sozinho é tudo de bom! É TUDO DE BOM SIM!!! Mais pra que seja tão bom assim, vc precisa estar com o CORAÇÃO CHEIO!!! SERÁ ESSA A SOLUÇÃO DOS SEUS PROBLEMAS!? Lembra da consulta com o Dr. Lucas Marge tah!?
Grande bjo.....VAMO QUE VAMO QUE O SOM NÃO PODE PARAR!!!!

Gissa disse...

Estou passando e deixando registrado meu oi...
Tenha um ótimo dia!!!
Vício... hehe..
Bjsss, amiga!

Moita disse...

Brena

Voce resolve tudo isso fazendo como eu faço, morando na Moita.

Dentro da moita voce pode andar nu e até passear de bicleta nu. Logo não tem roupa pra mandar pra lavanderia.

Na Moita voce só precisa regar pra ela ficar sempre verdinha, aconchegante.

Como o carangueijo hermitão, quando vc cresce, é só mudar de moita.

E tem Moita que cabe dois como a minha. Quer vir morar na Moita do Moita? Cobro barato.

um cheiro.

Déborah Tolentino disse...

Êita meu bem, que desabafo... Mas concordo com os comentários, muita coisa na vida tem dois lados, tem vantagens e desvantagens. Assim é a vida em companhia de você mesma... Mas se for falar tudo sobre isso, vou precisar de uns 75 comentários aqui... Além disso, morar com a familia, pode ser também morar só com você mesma... (vc tem msn? dps pega o meu la no perfil do blog...)
bjossss

loirinha disse...

Vc tem que ver o lado bom dessa situação!! Temos que ver o lado bom de todas as situações, assim se vive bem melhor!!!
Concordo com os comentários do Lucas, morar sozinho é andar pelado pela casa, ouvir música bem alta ou então dormir com silêncio...
Seja feliz!!!!
ps: respondendo a sua pergunta, te achei fuçando em um monte de blogs, adoro ficar lendo as coisas legais que as pessoas escrevem!!!

Wagner disse...

Heheheh adorei linda, só li o post de hoje, pq estou sem tempo. Depois volto e confiro os outros :D
Beijos

Nômade disse...

Tá fechado.

Troco teu apartamento com tuas tardes de domingos, por casa barulhenta com dois irmãos sempre brigados, cheia de gatos, mulher, sogra e ainda leva a vizinha.

Conhencido... disse...

B,

vc como sempre arrasar nos seu textos...

Meus parabéns...

Aninha disse...

Esse texto lindo foi resultado da tarde SAD de domingo... Entendi tudo. Pode mas nâo é sempre. Olhe pra trás e veja suas conquistas, sua liberdade. As desvantagens vc passa por cima e segue linda e loira Brenoca! Um bj no coração!

Vinicius Factum disse...

Bom dia!
Muito interessante esse espaço. Quando tiver um tempo faça-me uma visita!

Abs,

Vinicius S Factum

Karina disse...

Então, eu morei sozinha por 9 anos da minha vida e passei por bons e maus momentos. Mas, no final das contas, o salto é super positivo!

luma disse...

Brena, fiquei feliz com a bagunça, movimento e com o barulho aqui em casa. Me conformei depois do seu texto!
Arrume um bichinho, faz tanta companhia e, que mal pergunte: porque mora sozinha?

Beijus

Gissa disse...

Uh! Amiga...
Já estou na expectativa de outros textos... Vício!!!...
Bjsss! Não deixei de postar..

Joao Guandalini disse...

Guria, certeiro o seu post... Já tenho 7 anos de vida by myself e já senti tudo o que vc diz... Vantagem? Sou alguem bem mais maduro depois disso tudo, mas as vezes cansa mesmo, hehehe Super beijo, se cuida!

Nômade disse...

Garotas,

Sempre curiosas.

Eu me entusiasmei e devo ter pensado em voz alta.

É culpa de sua foto.

Moita disse...

Brena

Ainda está morando sozinha?

Não arrajou nehuma Moita?

Que pena!

Um cheiro, na Moita

Mineiras, Uai! disse...

Oi Brena!
Obrigada pela visita e comentário! Menina, este seu espaço é muito especial, heim? Adorei seus textos e seu modo de escrever, muito sensível e direto, ao mesmo tempo.
Quanto a morar sozinho, não sei se eu aguentaria, mas creio que o lado bom, que é a liberdade pura e simples, paga alguns dias de tristeza e mesmice... Estou sendo ingênua?
É isso aí!
Continue nos visitando, ok? Voltarei aqui mais vezes.
Beijo
Ana Letícia

Vinicius Factum disse...

Bom, o primeiro passo é se abrir para o mundo. Aprender a dizer sim e a conviver com o não. Experimente!

Bom final de semana para você!

Daniela Mann disse...

Muito bonito Brena!
Gostei muito de ler!
Beijinhos,
Daniela

luma disse...

Também sou mineira uai!!! Bom fim de semana! Beijus

Bruna disse...

Eu tenho certeza de uma coisa: se eu morasse sozinha, eu morreria de fome! pior que eu na cozinha, não existe! hauhuahhua
mas além disso, a saudade aperta né? a vontade de ter alguém´pra comentar o que você já sabe que vai acontecer na novela...
mas é assim que se aprende na vida.

bjoss queridaa!
=*

Walter Carrilho disse...

O pior de tudo é morar sozinho e não gostar da companhia: se olhar no espelho e dizer "ainda bato nesse cara!"

Tentei morar sozinho uma vez...Me encontraram rolando no chão em uma briga violenta contra mim mesmo.

Se sou normal? Só em dias ímpares...

abs...Bacana, o blog.

thiago braga disse...

Morar sozinho hoje esta muito dificil ,pois quando a pessoa resolve ser independente e vai morar sozinha ela temde almentar seus poblemas,pois não terá sertas mordomias.

Laura Pantaleao disse...

nossa, adorei esse seu post! realmente morar sozinha é tudo isso. tem hora que nao é nada fácil!...
bjs

janine disse...

Figura, fiquei ate emocionada com seus comentario....o mais legal do seu jeito de escrever é que a gente parece conseguir sentir o que voce esta falando....e meio magico....e apesar de nao ter morado realmente sozinha ainda....ja passei por momentos semelhantes, o que me faz crer que esse sentimento é algo presente em todos nós....não só os que moram sozinhos, mas daqueles que ousam morar consigo mesmos. bjos e mais sucesso!

Simone Caixeta disse...

Amiga!!!Que saudades...tava mesmo te devendo uma visitinha aqui neh?!
Adorei!!!Achei as mensagens muito bonitas...
Um super bjo pra vc!Te amo muito,minha irmãzinha!!!
Bjokas...

Aloisio Nunes de Faria disse...

Visitei seu espaço aqui. Gostei do que vi. Convido-a a uma visita ao meu blog.
Até logo. Voltarei mais vezes aqui. Afinal, somos mineiros, né? Uai!

vanessa disse...

è aprender a conviver com a gente.....nunca tinha pensado nisso...é o que deveriamos fazer mesmo estando com outras pessoas. Voce não acha? Beijus minha linda adorei o texto.

Fred disse...

Oi, Brena.
Não sei como você foi parar no meu blog. Talvez tenha sido pela Aninha. Valeu pelos comentários e, quanto ao fato de eu ser arquiteto e não escritor, na verdade me sinto os dois. Sou arquiteto profissional e escritor amador. Quem sabe um dia eu possa me tornar um escritor profissional e um arquiteto amador.
Muito legal esse texto sobre morar sozinha. Também já senti isso, só que eu chamava de "vazio dominical". Beijo pra você.

The Rennis disse...

Ai, que triste The! Mas tenho que concordar... infelizmente!

Ana do Angu disse...

Ai que lindo esse post Brena!!! Eu já morei alguns anos sozinha e me identifiquei plenamente com suas palavras! Amei!!!!!
Agora eu já sei que vc é mineira de BH, não é?

RC disse...

Troco sua casa solitária e sua geladeira vazia pela minha que abriga 4 crianças e 3 adultos, que sempre falta alguma coisa na geladeira pq alguém chegou antes de vc. Sabe, nem cama eu tenho, divido com minha mãe, eu no auge dos meus 29 aninhos...Snif...

Anônimo disse...

pois é!!
são coisas que eu n tunha parado p pensar, mas sabe, to decidida to saindo de casa (dos meus tios) poer que da dos meus pais tive q sair para morar perto da facul, mas agora preciso de tempo tranquilidade preciso estudar cuidar mais de mim antes q enlouqueça e morar só vai ser tudo de bom...
abraços !!e boa sorte p mim

Vinicius disse...

ahn mas de domingo a tarde pra não fica sozinha via da ruma volta rs...
fazer um churras com os amigos ..

essa é aminah solução pra não ficar sozinho sempre rs..

Armando disse...

Já tive um momento de reflexão assim... e olha só o que saiu...
http://viversozinho.blogspot.com/2007/08/o-que-morarviver-sozinho.html

:)

Daya ʚïɞ disse...

imagino como deve ser dificl pra voce morar sozinha pequena,
mas garanto que a experiencia que vc esta ganhando, e as coisas qe esta aprendendo, estao fazendo muita diferença em sua vida!
vc merece todas as glorias em sua vida, mesmo mesmo!
admiro muit voce.