16 janeiro 2007

O GRANDE MOMENTO

A gente está sempre esperando um grande acontecimento pra ser feliz. Faltam 29 dias pra num sei o que... faltam 16 dias pro meu carro novo chegar... faltam 28 dias pra eu chegar ao peso que eu quero... faltam seis dias praquela festa... faltam num sei quantos dias pro Fat Boy. Que porra é essa? Por que é que a gente tá sempre esperando algo de muuuuuuuuuito importante acontecer na nossa vida e nada muda depois do graaaaaaaaaaaande acontecimento? Ninguém sabe. O que a gente sabe é que vivemos sempre esperando um grande acontecimento e nada acontece depois dele. Haja vista que, logo no dia seguinte, começamos a aguardar ansiosos pelo próximo evento. E quando é que vamos ser felizes de fato?

Estamos sempre esperando pela viagem da nossa vida, pelo reveillon da nossa vida, pelo carnaval da nossa vida, pela festa da nossa vida, pelo show da nossa vida, quando, na verdade, nossa vida acontece é entre um final de semana e outro, entre umas férias e outras, entre uma festa e outra. Essa espera do que vem pela frente só cria a ilusão de que a gente tem alguma coisa pra esperar. Algo de muuuuuuito importante está pra acontecer e precisamos estar aqui pra viver isso. E a gente vai vivendo enquanto isso. Vai levando a vida naquele emprego que a gente não gosta. Ficando com aquele ficante mais ou menos. Namorando com aquele carinha que já encheu o saco. Morando naquela cidade onde nada mais te surpreende. Freqüentando os mesmos lugares com as mesmas pessoas e os mesmos prazeres repetidos. Será que a gente tem mesmo que viver nessa sensação de que a gente está sempre na fila?

Sei que esse papo é muito antigo. Mas tão antigo quanto esse papo é essa espera infinita de uma coisa que nunca chega. O que é isso que criaram na cabeça da gente? Você só vai ser feliz se tiver 1,78m e pesar 50kg. Se sua bunda não tiver nem uma sombra de celulite. Se seu cabelo não tiver um fio fora do lugar. Se sua calça for Osklen e seu tênis, Nike. Se você tiver o carro do ano. Se sua internet tiver uma conexão de um milhão de mega bytes. Se seu celular for o último lançamento do mercado (daquele modelo que filma, tira foto, vira cambalhota e dá tchau quando o ladrão te rouba). Se você fizer a dieta da nova loira-burra do momento. Se você só comer alface (orgânico, claro). Se seu corpo for igual ao daquela arreganhada na capa da Playboy (com Photoshop até lá onde vocês estão imaginando). Ou se você estiver pegando a boazuda do momento. Ah, me poupem!

Por que é que ninguém fala do que realmente dá prazer na vida? Não contaram pra gente que beijo na boca é melhor do que MC Donald’s. Que a comida feita por quem a gente gosta é melhor do que qualquer fast food. Que estar com quem a gente ama é melhor do que fazer compras no shopping. Que festa com os amigos é melhor do que aquela multidão no show da banda de hip-hop do momento no meio da praia de Copacabana. Ninguém conta pra gente que o que a gente come com prazer não engorda. Ninguém conta pra gente que homem não gosta de mulher-esqueleto. Que mulher não gosta de homem-bomba. Ninguém me contou nada disso. Ninguém vai te contar.

Não adianta pensar que sua vida vai mudar porque você passou o reveillon de preto ou de branco ou sem roupa. Dormindo ou acordado. Na sua casa ou em Paris. Óoooobvio que eu queria passar o reveillon em Paris. Óoooobvio que eu quero ter o corpo da Cicarelli e o carro do ano. Óooobvio. Mas é óoooobvio que eu não vou viver em função disso. Eu só não agüento mais ter amigas infelizes porque não têm dinheiro pra festa tal. Que não vão à praia porque não têm o corpo de não sei quem. Ou frustradas porque não estavam numa suuuuuper festa quando o ano aumentou um dígito. Qual é?! Vamos curtir o sol, vamos ao cinema, vamos comer muita pizza. Vamos comer chocolate sem culpa. Vamos colocar biquíni e nos sentir a Gisele Bündchen. Vamos trabalhar naquilo que nos dá prazer. Vamos viver todo dia sem esperar que a vida aconteça no final de semana ou no carnaval. Nossa vida tá acontecendo agora. E todo dia deveria ser uma festa pra comemorar esse grande acontecimento.

48 comentários:

o alquimista disse...

Pois e esquecemos que a vida é este preciso momento, e é exactamente neste segundo que bate o nosso coração, assim deve tembém ser o nosso querer...


Doce beijo

Bebeth disse...

Oi Brena ... sua cutícula chegando!rs
Que grande verdade, nossa vida está acontecendo agora e muitas vezes nem conseguimos comemorar este grande acontecimento.
Acredito que o melhor que a gente possa esperar acontecer, é a vida e a vontade de viver.
Já experimentei todas essas emoções e hoje nada disso me surpreende mais.
Nada disso faz com que a vida fique mais bonita.
Sucesso ... muito, pra vc menina.
beijinhos
Bebeth

Juliana Marchioretto disse...

Brena, que texto ótimooo!!!

Disse tudo! E depois que muito tempo, eu descobri que ir ao cinema e depois dormir juntinho faz a minha semana toda mais feliz..

beijos

*Lusinha* disse...

Sim. Esperamos, esperamos, esperamos... E tem muita coisa que eu ainda espero, mas graças a Deus, tem coisa que eu já aprendi a não esperar mais...
Tenho um novo conceito muito simples: a felicidade depende inteira e exclusivamente de nós... Mas é difícil enxergarmos isso de vez em quando.
Bjitos!

Luiza Lisboa disse...

Aê!!!
Concordo d+ e tô passando por isso.
Coisas simples valem muito!
Bjim!!!

Elaine disse...

Dar valor nas coisas simples da vida... é isso aih...

=]

Parabens Brena

ALDO disse...

vivemos esperando...
o problema é que esperamos tanto que esquecemos é de viver...
comemos de pressa esperando o que vai vir depois
sem nem mesmo sentir o que estamos botando pra dentro de nós
fica tudo no piloto automatico
qdo se trata de coração entao
engracado esse texto amiga
to vivendo ha muito tempo esperando nao sei o q
vou parar de esperar sentir, de esperar ouvir, de esperar tocar
vou começar a viver mais, a sentir o que esta aqui agora
vou parar de esperar pelo que nao esta em mim, nem aqui, que nunca esteve
e simplesmente me sentir, ao inves de esperar que me sintam

andreia castro disse...

Amei!!!!!
Um dos melhores textos até agora!!!
bjos

Adriana disse...

Nossa...realmente eh verdadi....adorei o que escreveu...
Adorei seu blog
Parabéns viu....continue com esses textos que eu sempre passo por aki pra dah uma olhadinha!!!

Beijos

Ná Jornalista disse...

Elaia Dona Brena, esse texto assumo que foi um tapa na cara...porém, como gostei dele,viu?!adorei!tá bom...sei que vc já sabe isso, mas esse daqui obrigada pelo puxão de orelha...vivendo essa espera atualmente:próximo fim de semana na praia,show lotado,etc.Mas com certeza, agora o valor de estar com os amigos vai aumentar.Obrigada!

Boa semana!

Beijo Ná

Aline Rodrigues disse...

será mesmo que homem não gosta de mulher esqueleto?
aaiaiaiai
tenho chances então!!
rsrsrsrs
bjos

Willians disse...

senhores de melo lhe dariam razão augustianos não...rs eu toda via procuro os 180 graus Básicos de início de ano
grato pela visita

Roy Frenkiel disse...

Concordo, querida Brena, eh isso mesmo ;-)

bjx

RF

Renata P. disse...

Concordo plenamente com você. Aliás, amei a maneira com que voce se expressa em seus textos. Voltarei aqui sempre que puder. Beijao ;*

JOSÉ FARIA disse...

Há! Eu sabia: Só faltava um minutinho para eu chegar! Já cá estou. A Memina é forte, alegre e convidativa à participação de quem lê seu saber e pensamento. Sério e divertido.
Pois já cheguei!
Não espere por mais nada se faz favor! - É que eu já cheguei, pronto, fique agora calma e descontraia...tá?

Estava brincando! Só quis comentar!
Parabéns pelos seus textos. São agradáveis as leituras que nos oferece. Obrigado.
José Faria
Do País Irmão ----- PORTUGAL

Gissa disse...

Uh!
Amiga, q sucesso esse texto, hein?!
Claro, pra variar, identifiques!
É incrível, sabemos aproveitar a espera no oficina pelo troca de óleo do seu carro, ou até mesmo esperando alinhar e balancia-lo. Ou seja, sabemos viver intensamente nossos dias.. fazendo de um simples momento ser tão marcante quanto um reveillon em Paris...
Me apego a isso, quero ser feliz incondicionalmente, seja com o dinheiro no bolso ou não, com o carro do ano ou apé, com chocolate ou com coca-light.. enfim!
Parabéns pela tamanha inspiração e ter mais uma vez postado um texto tão a ver.
Bjusss!

Sueli disse...

Cobertinha de razão, mais uma vez, amiga. Sabe, passei o reveillon na casa de uma amiga. Eu iria ficar só e ela também. Resolvemos ficar sós, juntas .. rs. Estava tão bom, que fui muito sincera ao dizer a ela, que eu não trocaria aquele momento por nenhum outro. É bem por aí, mesmo. Beijo gvrande!

O Mimeógrafo Pisca-Pisca disse...

Quando vc fala no plural, está se referindo a quem??? A gente quem? Não me inclua nessa.... meu carro novo sempre é velho.
Meu reveillon é só um dia (não me preparo com 150 dias de antecedência).
AQUELA festa, é só uma comemoração (e tem que ter sentido).
O show do Fat Boy seria melhor se fosse só pra mim.
O que é muuuuuuuito importante para mim, é meu sono tranquilo e minha consciência tranquila.
Tô andando pra calça da Osklem, mas não abro mão de uma cueca limpa.
Corro de Mizuno, mas correria de pé na terra se meus joelhos permitissem.
Tô andando (mais ainda) pras celulites e estrias da mulher que eu amo.
Como McDonald na hora que quero , mas tenho certeza que a comida que faço pra quem eu gosto é melhor.
como pizza com a mão na cama e uso boca como guardanapo.

nathy disse...

concordo com o que disse!!!
vivemos sempre esperando um grande acontecimento e deixamos de da valor ao que se passa agora!

mais uma vez perfeito o seu texto!!
parabenss linda :)

Débora disse...

Olá...

Realmente sempre esperamos q aconteça algo conosco...talvez por sentirmos a necessidade de sairmos da rotina...Mas, precisamos viver o momento q as coisas veêm e nem percebemos!!!

Bjs

Cris disse...

E você, hein, Brenita? sábia sem ser presunçosa , inteligente , cada vez mais gostosa de se ler ...Bj!

Anônimo disse...

Adoro quando você fala palavrão, sabia? Fica linda!
;)

david santos disse...

Olá, Brena!
Deste-me um açoite que eu até andei de lado. Bem, mas isto é outra conversa. És linda de qualquer maneira. Até descalça e de chapéu de aba larga, mas notei uma diferença no teu visual. Será que vi bem?
Quanto ao texto, só te digo uma coisa: espectacular. Tens cá mais umas frases interessantíssimas, mas hoje só te vou roubar esta: "haja vista que, logo no dia seguinte," espectacular, querida amiga, espectacular.
Ah, já me ia embora sem te dizer o melhor. Lá mais daqui por uns dias, sabes qual vai ser o meu trabalho? Pois não, não sabes!
Mas vou dizer-te o título, mais nada!
"A MAIS BELA DO MUNDO" Escusas de perguntar mais alguma coisa, pois eu não te digo mais nada! Era o que faltava!
Abraços.

Paula disse...

Clap, clap, clap, clap!!!
Palmas para essa garota!
Ela sempre A-R-R-A-S-A nas palavras!!!

Beijos gatona!!!!!

Conceição Bernardino disse...

A alegria é um dom que se adquire a arte a tristeza que se transpira
em beleza...
Eu volto
Beijinhos
Belo
Conceição Bernardino

Mikas disse...

Assino por baixo

Lindinha disse...

É a velha história de sempre querer mais e mais...
Passando aqui pra te desejar um final de semana lindo, repleto de amor, paixão, desejo e sedução. Precisa algo mais??
Tem coisa nova no Decifra-me também. Vem comigo?
Beijo no coração...

“Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz.”

Rodrigo Borges disse...

Esse início de texto foi perfeito. Faltam nada. Eu sou feliz há 30 anos, isso sim.

Daniel disse...

Breninha, vc continua tudo de bom, né!!! Lora inteligente! Beijos.

Rebeca disse...

dizer o q? q amei? q amo todos seu textos?
eitaaaa, mas já cansei de dizer isso...
e sejamos felizes agora, pq é agora q estamos vivendo!!
bjoO linda!

Nathália disse...

Aplausos sempre..Lindo texto Brena...
Beijo Grande!!

david santos disse...

Olá!
Ó minha linda, bom fim-de-semana. Passei por cá, primeiro para voltar a ver essa cara, linda, claro está!
Segundo, ainda que te custe, espreitar mais umas frases dessas que tu tão bem sabes conjugar.
Abraços.

Anormalice disse...

ufa,terminei!
mas pior que é verdade,ne?
imagina se formos parar a vida por tudo que podiamos ter feito e nao fizemso,dá não!
bola pra frente!

.*

david santos disse...

Olá!
Hoje estou a chorar. Apesar de ter aqui ao lado a minha AMADA, estou a chorar. Que paradoxo, meu Deus, que paradoxo! Estar com a minha AMA e, em simultâneo triste, a chorar... Pois é! A minha AMADA está aqui ao meu lado a compor-me as letras que vou escrevendo, mas ELA é muito exigente. Mas, a verdade, é que não sei viver sem ELA. Quando ELA está, chateia-me. Quando não está, não me sai do espirito. É a minha SANTA o meu DEUS. Perdoa-me minha AMADA por te amar tanto. Perdoa-me minha AMADA por deixar o mundo trair-te. Que covarde eu fui, meu Deus!
Mas, agora, eu choro apesar de te ter sempre comigo.
Minha AMADA, minha SANTA!
VIVA PARA SEMPRE A MINHA AMADA, A MINHA SANTA, ELIS REGINA.

Roberta Vasconcelos disse...

É isso aí Brena! Temos que acordar e pensar que cada dia não é apenas mais um dia, todo dia deve ser especial e cabe somente a nós mesmos fazer dele um dia melhor. Hoje melhor do que ontem e pior do que amanhã.

Vi que você passou lá no blog, mas é que tava sem tempo pra escrever esses dias. Vou postar um texto hoje, depois passa lá de novo.

Beijos

Roberta Vasconcelos disse...

É isso aí Brena! Temos que acordar e pensar que cada dia não é apenas mais um dia, todo dia deve ser especial e cabe somente a nós mesmos fazer dele um dia melhor. Hoje melhor do que ontem e pior do que amanhã.

Vi que você passou lá no blog, mas é que tava sem tempo pra escrever esses dias. Vou postar um texto hoje, depois passa lá de novo.

Beijos

João disse...

Olá
Belo blog e mto pertinente também
Continua assim
Passa pelo meu e deixa lá a tua marquita.
Beijinhos

Paty disse...

Excelente. Disse tudo e só precisou isso.
Poxa..sabe que me encontrei em algumas frases? Senti uma dorzinha de quem sabe que está fazendo alguma coisa errada...

Mas td bem.
Esse ano eu mudo. Estou me "forrando" de pessoas maravilhosas que não esperam nada de mim. E de quem só quero e espero a amizade verdadeira.

=)

PS**: Paty do tagarela.

www.nadialopes.blogger.com.br disse...

oi, Brena
Grata pela VISITA...
Quanto ao grande momento, tb já senti e escrevi about, a minha conclusão do alto dos meus 43 é:
não dá pra projetar felicidade pra outra hora, se é pra ser feliz( e é!) que se seja, AGORA!!!!

beijão

Lindinha disse...

Tô passando aqui pra desejar uma semana linda, com muito beijo na boca, de preferência.
Tem uma homenagem no Decifra-me hoje. Passa lá!
Beijo no coração...

“Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz.”

José Alberto Mostardinha disse...

Olá Brena:

São coisas simples que enuncias para que todos possamos viver mais felizes mas... será que funcionam neste mundo de aparências?
A felicidade entra na exacta medida em que sejamos transparentes connosco... e com os outros.
... e é tão fácil.


Um beijo,

XandeLima disse...

Bem, em primeiro lugar, muito tardiamente, feliz 2007, com todos os seus dias incluídos e não só aquele que fez o windows mudar o dígito no reloginho.

Não sei se perdi alguma coisa devido ao meu afastamento mas, é impressão minha, ou houve uma mudança no padrão das mensagens?

Exceto na qualidade. Novamente parabéns...

Tento resumir um pouco repetindo o que está lá no meu perfil do blog: "... Mas o que é a vida senão um aglomerado de coisas banais do nosso cotidiano, com pequenos (e muito raros) eventos de maior importância."

Bjs.

Deco disse...

Falou e disse! A gente vive esperando, vive achando que a nossa vida é filme de cinema e perde tempo, muito tempo - e se esquece de viver, de fazer acontecer.

Bjo!

galafer disse...

La espera entrega ilusión y aunque nada cambie, hay quienes para vivir la necesitan, por que no se han dado cuenta que la vida vale por si misma!!

Saludos desde Chile

Aninha disse...

...Vamos viver tudo que há pra viver!!!
Assino embaixo com louvor!
bjo!

Rossani disse...

Parabéns!!!! Lindo pensamento!!! Se possível me manda por e-mail!!!

bruna disse...

Simplismente amei seu texto!!!
vou mandar pras minhas amigas lerem!
=)

Carolina Braga disse...

'Será que a gente tem mesmo que viver nessa sensação de que a gente está sempre na fila?'

Nossa (mudez - rs)!

...

'daquele modelo que filma, tira foto, vira cambalhota e dá tchau quando o ladrão te rouba'

(Gargalhadas sem fim!kkk)

'E todo dia deveria ser uma festa pra comemorar esse grande acontecimento.'

Final certeiro! Como sempre.

Beijo!

=)